ASSINE

Coronavírus no ES: novo mapa tem 6 municípios em risco alto

Governador do Estado, Renato Casagrande anunciou o novo mapa de risco em pronunciamento no início da noite desta sexta-feira (11); o 35° mapa começa a valer a partir de segunda-feira (14)

Vitória
Publicado em 11/12/2020 às 20h12
35º mapa de risco do ES; Covid-19; coronavírus
35º mapa de risco do ES. Crédito: Governo do ES/Divulgação

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, divulgou no início da noite desta sexta-feira (11) o novo mapa de risco para transmissão do coronavírus, e agora são seis os municípios que estão no risco alto, ou seja, na cor vermelha de contaminação: Ecoporanga, Mantenópolis, Marilândia, Ibiraçu, Domingos Martins e Anchieta. O mapa começa a valer na segunda-feira (14) e expira no domingo (20).

No mapa anterior, vigente até este domingo (13), apenas Mantenópolis tinha retornado para a cor vermelha no mapa. Em entrevista à Rádio CBN Vitória (92,5 FM) na última terça-feira (8), o secretário municipal da Saúde de Mantenópolis falou sobre as ações na cidade após ser a primeira a voltar ao risco alto de transmissão do novo coronavírus.

Em pronunciamento na noite desta sexta-feira (11), Casagrande afirmou que uma nova portaria será publicada neste sábado (12) com uma série de restrições das atividades para os municípios "no vermelho".

Renato Casagrande

Governador do Estado

"É importante que todos compreendam: todos nós temos uma tarefa. Se permanecermos em uma situação de risco baixo, nossa liberdade é muito maior. No risco alto, muda muita coisa. Por enquanto são seis municípios. Espero que este número não aumente "

Casagrande frisou, ainda, que se a situação continuar piorando — com o número de casos positivos e de óbitos aumentando a cada dia — mais municípios podem migrar para o risco alto enfrentando, assim, novas regras para funcionamento do comércio e outras atividades, por exemplo.

GOVERNADOR FAZ APELO ÀS FAMÍLIAS

Considerando o mês de dezembro, com festividades de Natal, réveillon e a chegada do verão, Casagrande fez um apelo às famílias, para que os parentes conversem entre si sobre como vão passar por essa época, sem esquecer que vivenciamos uma pandemia, tomando os cuidados necessários.

Renato Casagrande

Governador do Estado

"Vamos ter empatia de compreender aquilo que precisamos fazer e o que podemos causar ao outro. Quem puder ficar em isolamento, fique"

"Estamos entrando no verão, época de férias, precisamos ter disciplina. Se não tivermos, muitas pessoas vão perder a vida, principalmente as pessoas de mais idade. Às vezes o jovem tem poucos sintomas, não tem efeito sobre o organismo. Mas ele pode transmitir para uma pessoa de mais idade", pediu.

RISCO BAIXO, MODERADO, ALTO E EXTREMO

Nos primeiros meses da pandemia pelo novo coronavírus, o governo do Estado divulgou uma série de medidas para a classificação de cada município do mapa de risco — levando em consideração a matriz de risco, que estipula sobre o funcionamento de bares, restaurantes, shoppings, do comércio em geral, das escolas, academias, eventos e outros. Relembre.

  • Risco baixo: as lojas de rua podem funcionar sem restrição de horário. Entretanto, devem atender apenas um cliente por 10m². O distanciamento social em filas e uso de máscaras também continua obrigatório. As academias podem funcionar sem restrição de horário e sem agendamento prévio de alunos nas cidades com risco baixo. As atividades aeróbicas também estão liberadas, mas mantendo o distanciamento social. Também está autorizado a prática de pilates para maiores de 60 anos e prática de atividades coletivas aeróbicas em locais abertos sem público. Funcionamento de bares e restaurantes sem restrições de horários e dias da semana em cidades de risco baixo. Mas é preciso respeitar o distanciamento social e a presença de um cliente a cada 10m². Os parques têm o funcionamento liberado em cidades de risco baixo e moderado. Nos municípios de risco baixo, a abertura pode ocorrer, inclusive, aos finais de semana. Boates e casas de shows seguem com o funcionamento suspenso em todo o Espírito Santo.
  • Risco moderado: nos municípios com risco moderado para transmissão, o comércio fica liberado para funcionar durante a semana, das 10h às 16h, sem o rodízio por segmentos. Bares e restaurantes só poderão funcionar até as 22 horas de segunda a sábado, e até as 16 horas aos domingos. Escolas de ensino infantil, fundamental e médio deverão ter as aulas presenciais suspensas no risco moderado. A regra vale para instituições públicas e particulares. As faculdades e universidades poderão seguir com as atividades presenciais. Eventos corporativos também serão limitados a 300 participantes em uma área mínima de 1.500 m², ou seja, será preciso prever pelo menos 5m² por convidado.
  • Risco alto: em municípios com essa classificação, o comércio funciona apenas de segunda a sexta-feira, em dias alternados, das 10h às 16h. Nos dias pares abrem lojas de produtos pessoais e, nos dias ímpares, as que vendem produtos de uso não-pessoal. Além disso, os restaurantes só podem funcionar de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h. O funcionamento aos fins de semana fica proibido (com exceção da venda por delivery). Já as academias ficam restritas a atender apenas cinco usuários por hora.
  • Risco extremo: proibição de circulação entre 21h e 5h, exceto por emergências essenciais. Profissionais de saúde, incluindo farmácias, segurança pública, privada, assistente social, funcionários de estabelecimentos essenciais estão autorizados a circular. Essa autorização será emitida pelo empregador no site da prefeitura. O cidadão que transitar sem máscara será multado. Todas as pessoas devem transitar com identidade e CPF e serão divididos em dois grupos. As pessoas ficarão proibidas de frequentar praias, calçadões, praças e similares. Cultos e missas só poderão ocorrer online.

REVEJA O PRONUNCIAMENTO

Além de divulgar o novo mapa de risco, vigente a partir de segunda-feira (14), Casagrande falou sobre os trâmites envolvendo a compra de vacinas, comentou sobre a reunião que teve com o ministro da Saúde e sobre o Plano Nacional de Vacinação. Veja aqui os principais pontos do pronunciamento desta sexta-feira (11).

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.