ASSINE

Coronavírus: ES registra 8.310 mortes e passa de 406 mil casos

Segundo dados da Secretaria de Saúde (Sesa), foram 94 mortes e 1.540 novos casos em apenas 24 horas

Publicado em 13/04/2021 às 17h03
Atualizado em 13/04/2021 às 17h03
Coronavírus
Coronavírus segue infectando muitas pessoas no Brasil. Crédito: Freepik

Mais 94 mortes foram registradas no Espírito Santo nesta terça-feira (13), totalizando 8.310 óbitos provocados pelo coronavírus desde o início da pandemia, em março de 2020. Os dados são do Painel Covid-19, ferramenta da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)

Nas últimas 24 horas, foram identificados 1.540 novos casos, chegando a 406.941 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Na lista dos municípios mais afetados, a Serra é a cidade com mais pessoas infectadas: 50.690. Vila Velha aparece em segundo, com 50.488 confirmações da doença, seguido por Vitória (44.121) e Cariacica (31.360). 

No recorte por bairros, Jardim Camburi, na Capital, segue no topo do ranking, com um total de 6.664 casos confirmados. Em segundo lugar está o bairro Praia da Costa (5.337), em Vila Velha. 

Até esta terça-feira (13), mais de 1,1 milhão de testes já foram realizados para identificar a Covid-19 em território capixaba. O número de curados chegou a 376.447, sendo 1.957 nas últimas 24 horas, e a taxa de letalidade da doença está em 2% no Estado. 

Este vídeo pode te interessar

A vacinação contra a Covid-19 também continua no Espírito Santo. Até o momento, 511.937 pessoas já haviam recebido a primeira dose da vacina no Estado.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Governo do ES SESA Coronavírus no ES Covid-19 Pandemia Vacinas contra a Covid-19

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.