ASSINE

Com cartaz, idosa volta a hospital para agradecer funcionários em Vitória

Manuela de Fátima Vieira, de 68 anos, fez tratamento oftalmológico na Santa Casa de Vitória. Após passar por quatro cirurgias, ela levou cartaz com agradecimento para a porta do hospital; veja vídeo

Publicado em 28/07/2021 às 13h39
Manuela de Fátima Vieira, de 68 anos, levou cartaz para agradecer aos profissionais de saúde da Santa Casa de Misericórdia de Vitória
Manuela de Fátima Vieira, de 68 anos, passou por quatro cirurgias na Santa Casa de Misericórdia de Vitória. Crédito: Comunicação Santa Casa

"Antes eu via tudo amarelado, agora estou vendo tudo branquinho". Aos 68 anos, Manuela de Fátima Vieira voltou a enxergar bem e nesta quarta-feira (28) fez questão de agradecer aos profissionais de saúde que cuidaram dela ao longo de quatro cirurgias. Com pterígio e catarata, o último procedimento cirúrgico foi feito há uma semana, na Santa Casa de Misericórdia de Vitória.

Na manhã desta quarta-feira (28), ela voltou ao hospital com um cartaz que dizia: "Gratidão a todos os funcionários pelo carinho e cuidado". Uma forma de agradecer em tempos de pandemia, quando não é possível "chegar em um e outro" para abraçar.

Após quatro cirurgias, paciente leva cartaz para agradecer aos profissionais da Santa Casa de Misericórdia de Vitória

"Foram duas cirurgias em cada olho.  Eu tinha aquela carninha vermelha (pterígio), aí tirou primeiro ela de uma e depois da outra. Depois fiz a catarata. A última cirurgia eu fiz no dia 22 de julho, hoje voltei para a revisão e  achei uma forma de agradecer. Eles são muito carinhosos. Temos que elogiar as pessoas que merecem", afirma.

Manuela de Fátima Vieira

Paciente da Santa Casa de Vitória

"Na luta e na bonança temos que estar sempre em agradecimento. Que as pessoas aprendam a valorizar e a voltar para agradecer"
Manuela de Fátima Vieira, de 68 anos, levou cartaz para agradecer aos profissionais de saúde da Santa Casa de Misericórdia de Vitória
Cartaz com agradecimento feito por Manuela, após o sucesso de quatro cirurgias oftalmológicas. Crédito: Comunicação Santa Casa

Ao longo da pandemia, Manuela mudou de São Mateus, no Norte do Espírito Santo, para Vitória para fazer o tratamento oftalmológico. Tudo foi feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS).  

"Quando o sol esquentava, tinha hora que eu não enxergava nada, via tudo nevado. Vim no começo da pandemia para fazer o tratamento, consegui emprego em uma casa aqui e aluguei um cantinho para mim. Tem um ano que moro em Vitória e agora quero ficar por aqui. Graças a Deus as cirurgias foram um sucesso", comemora.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Vitória (ES) Santa Casa de Vitória Profissionais da saúde

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.