ASSINE

Cidades do ES registram grande volume de chuva nas últimas 24h

Vargem Alta (185.20 mm), Castelo (106.24 mm) e Cachoeiro de Itapemirim (102.25 mm) foram as cidades com maior volume de chuva em todo o Estado desde a sexta-feira (30)

Publicado em 31/10/2020 às 10h40
Água da chuva alagou comunidades em Vargem Alta
Água da chuva deixou comunidades ilhadas em Vargem Alta. Crédito: Divulgação/Prefeitura de Vargem Alta

As últimas 24 horas foram de grande acumulado de chuva nas cidades do Espírito Santo, no início de final de semana que antecede o Dia de Finados. Vargem Alta (185.20 mm), Castelo (106.24 mm) e Cachoeiro de Itapemirim (102.25 mm) foram as cidades com maior volume de chuva em todo o Estado. Os números foram apresentados pela Defesa Civil Estadual no início da manhã deste sábado (31).

Em comunicado, o órgão estadual coloca estado de "Atenção" para as chuvas. Outras cidades também registraram grande acumulado de chuvas. Confira a relação completa:

QUANTIDADE DE CHUVA NAS CIDADES (mm de chuva em 24h)

  • Vargem Alta (185,20)
  • Castelo (106,24)
  • Cachoeiro de Itapemirim (102,25)
  • Rio Novo do Sul (99,80)
  • Iúna (92)
  • Jerônimo Monteiro (84,04)
  • Anchieta (84)
  • Alfredo Chaves (81)
  • Conceição do Castelo (77,60)
  • Venda Nova do Imigrante (75,80)
  • Santa Teresa (76,09)
  • Afonso Cláudio (69,15)
  • Alegre (67,98)
  • Mimoso do Sul (67,80)
  • Itapemirim (65,50)
  • Guarapari (64.60)
  • Itaguaçu (64,01)
  • Muqui (63.60)
  • Irupi (63,20)
  • Guaçuí (62,83)
  • Marechal Floriano (60,20)
  • Brejetuba (57,60)
  • São José do Calçado (51,40)
  • Ibitirama (48,60)
  • Viana (47,80)
  • Bom Jesus do Norte (47,80)
  • Vitória (47,27)
  • Presidente Kennedy (47,00)
  • Vila Velha (46,68)
  • Marilândia (46)
  • Atílio Vivacqua (44,80)
  • Laranja da Terra (44,40)
  • Santa Maria de Jetibá (43,49)

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) já havia emitido um alerta vermelho no início da tarde de sexta-feira (30) para chuvas intensas, válido para 37 cidades do Espírito Santo - e não inclui a Grande Vitória. 

ENTENDA COMO FUNCIONA A MEDIÇÃO DO VOLUME

A medida usada para medir o volume da chuva é em milímetros por metro quadrado. É só imaginar um quadrado de um metro por um metro com um litro de água dentro. O líquido vai subir até a marca de 1mm. Claramente falando, um milímetro de chuva equivale a um litro de água por metro quadrado. Por exemplo: se choveu 50mm, seriam 50 litros de água em cada metro quadrado.

O período da chuva também é importante. Chover 50 litros de água durante um dia inteiro pode ter um impacto menor do que chover a mesma quantidade de uma vez só, somente em uma hora. E como podemos medir a chuva em uma cidade grande? Equipamentos chamados de pluviômetros, que estão espalhados por vários pontos da cidade, vão indicar o quanto choveu - e, só então, esses dados vão permitir as comparações das quantidades de chuva por dia, mês e ano.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Chuva no ES chuva defesa civil

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.