ASSINE

Após chuva, casa em Barra de São Francisco é invadida por água com peixes

Três peixeiros romperam devido ao aumento do volume de água no sábado (20) e a parede de outra casa cedeu por causa do deslizamento de terra

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 21/02/2021 às 15h31
Parte da área atingida pelo rompimento dos peixeiros, que ficam acima deste local
Parte da área atingida pelo rompimento dos peixeiros, em Barra de São Francisco. Crédito: Divulgação | Defesa Civil de Barra de São Francisco

Perder móveis e eletrodomésticos em uma enchente já é difícil, mas imagine se, além da água, a casa também fosse invadida por peixes. Essa foi a situação vivenciada por uma família de Barra de São Francisco, no Noroeste do Estado. Após as chuvas do sábado (20), três pequenas barragens usadas na criação de peixes romperam e parte do conteúdo invadiu uma residência.

De acordo com a Defesa Civil municipal, a construção feita por um proprietário rural permitia que um córrego passasse por dentro dos três poços, que não comportaram o maior volume de água. "Isso fez com que os peixeiros estourassem devido à pressão", explicou a agente Silvana Xavier, que esteve no local.

Rompimento de peixeiros é um dos estragos causados pela chuva em BSF

Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu. Divulgação | Defesa Civil de Barra de São Francisco
Com o deslizamento de terra, a parede de uma casa cedeu
Com o deslizamento de terra, a parede de uma casa cedeu. Divulgação | Defesa Civil de Barra de São Francisco
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu. Divulgação | Defesa Civil de Barra de São Francisco
O município de Barra de São Francisco registrou quatro quedas de árvore no sábado (20)
O município de Barra de São Francisco registrou quatro quedas de árvore no sábado (20). Divulgação | Defesa Civil de Barra de São Francisco
Área atingida fica próxima à estrada do Córrego de Ita, no interior de Barra de São Francisco
Área atingida fica próxima à estrada do Córrego de Ita, no interior de Barra de São Francisco. Divulgação | Defesa Civil de Barra de São Francisco
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu. Divulgação | Defesa Civil de Barra de São Francisco
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu
Com a força da enxurrada, um barranco próximo aos peixeiros cedeu

Além da casa invadida pela enxurrada, a parede do quarto de outra residência cedeu por causa do deslizamento de terra que aconteceu em um barranco, também em decorrência do rompimento dos peixeiros. As duas famílias precisaram deixar os respectivos lares e estão sendo abrigadas por familiares.

Toda a área afetada fica próxima à estrada da região de Córrego de Ita, no interior de Barra de São Francisco. "As máquinas já estão no local fazendo a limpeza, retirando o excesso de barro e as árvores que caíram para liberar o fluxo de carros", garantiu Silvana, durante a tarde deste domingo (21).

Chuva no ES Barra de São Francisco chuva defesa civil ES Norte

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.