ASSINE

Ameaçado de extinção, gavião resgatado se recupera e é solto em Vitória

Animal colidiu contra uma janela de vidro em Jardim da Penha no último dia 5. Nesta sexta (13), ave voltou a bater asas no Parque da Fonte Grande

Tempo de leitura: 2min
Vitória
Publicado em 13/05/2022 às 16h25

O gavião resgatado no último dia 5 ao colidir contra uma janela de vidro em Jardim da Penha, em Vitória, foi solto e voltou ao seu habitat natural nesta sexta-feira (13), após ser medicado e passar por radiografia. O dia foi de bater asas e voar no Parque da Fonte Grande, na Capital, local onde a ave foi solta por um biólogo da prefeitura.

A soltura foi realizada pelo Serviço de Resgate de Animais Silvestres da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam). O animal está ameaçado de extinção e é apenas a quarta vez em dez anos que Vitória registra a presença da espécie gavião-pombo-pequeno em seu território.

Em contato com a reportagem de A Gazeta, o biólogo Saulo Ramos, da Prefeitura de Vitória, informou que a ave ficou em observação durante o período e que não foi constatada fratura no animal.

Ameaçado de extinção, gavião-pombo-pequeno se recupera e é solto em Vitória
Ameaçado de extinção, gavião-pombo-pequeno se recupera e é solto em Vitória. Crédito: Divulgação | PMV

Após ser resgatada, a ave precisou ser encaminhada ao Centro de Reabilitação de Animais Marinhos do Espírito Santo (Ipram), em Cariacica, antes de ser solta.

SERVIÇO DA PREFEITURA RESGATOU 58 ANIMAIS EM 2022

Desde o início de 2022, a equipe do Serviço de Resgate de Animais Silvestres recolheu 58 animais no município, sendo a metade deles mamíferos, como gambás, saguis e ouriços-cacheiros. Também foram resgatados 25 aves e quatro quelônios, como cobras, tartarugas, jabutis e tigres d’água. Em 2021, 230 animais ao todo foram resgatados pela Semmam.

ENCONTREI UM ANIMAL SILVESTRE. O QUE FAZER?

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente orienta ligar imediatamente para o serviço de resgate, seguir as orientações e aguardar o profissional fazer o recolhimento. O animal será avaliado e poderá ser reintroduzido diretamente à natureza, em um dos parques naturais de Vitória, ou levado ao Ipram, em Cariacica, ou para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Barcelona, na Serra.

O atendimento do Serviço de Recolhimento de Animais Silvestres é feito pelo telefone (27) 99724-2788 ou pelo 156.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.