ASSINE

Agente socioeducativo de Cariacica morre em decorrência da Covid-19

Segundo nota divulgada pelo Iases, Ademar Ferreira dos Santos trabalhava há 10 anos no instituto como agente socioeducativo e foi internado no dia último dia 13 no Hospital Jayme dos Santos Neves

Publicado em 25/05/2020 às 20h04
Atualizado em 25/05/2020 às 20h04
Ademar trabalhava há 10 anos como agente socioeducativo e faleceu em decorrência do coronavírus
Ademar trabalhava há 10 anos como agente socioeducativo e faleceu em decorrência do coronavírus. Crédito: Reprodução/Sinases

O Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) comunicou nesta segunda-feira (25) o falecimento do agente socioeducativo Ademar Ferreira dos Santos. De acordo com a nota, Ademar estava internado desde o último dia 13 faleceu neste domingo (24) em decorrência do coronavírus.

O Iases afirmou ainda que Ademar estava afastado de suas atividades desde o dia 3 de maio, quando apresentou os primeiros sintomas da doença. No dia 13, procurou um pronto atendimento no município de Cariacica, sendo transferido no dia seguinte para o Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves.

Ainda segundo a nota do Iases, Ademar estava há 10 anos no instituto e atualmente trabalhava no Centro Socioeducativo de Atendimento ao Adolescente em Conflito com a Lei (CSE), em Cariacica. O instituto ainda afirmou que Ademar "era um servidor muito querido por toda a comunidade socioeducativa e se destacou nos setores onde atuava pela sua alegria, presteza e dedicação com o trabalho".

CATEGORIA EM LUTO

O Sindicato dos Servidores do Atendimento Socioeducativo do Estado do Espírito Santo (Sinases) também divulgou um comunicado lamentando a morte de Ademar e afirmou que a categoria está em luto.

No comunicado há ainda uma reivindicação do Diretor Presidente do SINASES, Bruno Menelli Dalpiero, que cobrou políticas para o controle do avanço da pandemia no Estado. Segundo a nota, o Sinases "espera que o Governo do Estado, através do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases), reveja as políticas de prevenção à Covid-19, pois é inadmissível que nossos Agentes Socioeducativos percam a vida, e o Estado não tome devidas providências".

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.