ASSINE

Vitória ganhará novo parque com obras de arte em dezembro

Com investimento de R$ 24 milhões, obra será construída em uma área de 16 mil m², na Enseada do Suá

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 22/09/2021 às 17h26
Com investimento de cerca de R$ 24 milhões, o Parque Cultural Reserva Vitória deve ser uma espécie de museu a céu aberto
Com investimento de cerca de R$ 24 milhões, o Parque Cultural Reserva Vitória deve ser uma espécie de museu a céu aberto. Crédito: Nova Cidade Empreendimentos

Vitória ganhará em breve um novo parque público. O empreendimento - com lançamento anunciado nesta quarta-feira (22) - será construído em uma área de 16 mil m² na Enseada do Suá, em um espaço próximo ao Shopping Vitória. Bancado pela iniciativa privada e com investimentos de R$ 24 milhões, o espaço tem previsão de inauguração para 20 de dezembro.

Além de ser uma área propícia para quem busca paz e um contato direto com a natureza, em uma das regiões mais charmosas da capital capixaba, o Parque Cultural Reserva Vitória promete ser uma espécie de galeria a céu aberto, contando com sete obras de arte contemporâneas permanentes, assinadas pelos artistas capixabas Sandro Novaes e Vilar, além de nomes consagrados da arte moderna, como José Bechara, José Spaniol, Adrianna EU, Thainan Castro e Antônio Bokel.

O trabalho de Novaes, um emaranhado pós-moderno e caótico de linhas em monocromia, produzidos com tubos de aço e pintura epóxi, está disponível para a visitação, mesmo com o local ainda passando por obras. Uma curiosidade: o público poderá se aventurar por meio dos tubos.

Obra de Sandro Novaes que será uma das integrantes da exposição permamente do parque
Obra de Sandro Novaes que será uma das integrantes da exposição permamente do parque . Crédito: Vitor Machado

A curadoria da parte artística do Reserva Vitória ficou a cargo da Matias Brotas Arte Contemporânea. Em conversa com o "Divirta-se", Lara Brotas adiantou que o espaço foi pensado como um "organismo vivo", capaz de proporcionar um diálogo aberto com a sociedade. 

"Estamos pensando em fazer uma programação mais ampla, também usando o parque para exposições de arte contemporânea temporárias e instalações artísticas. Além disso, queremos atuar com outras frentes, como programações de cinema e shows musicais. Estamos nos permitindo dialogar com outras formas linguagens", adianta Lara, afirmando que não está descartada a possibilidade de aquisições de outras obras permanentes.

"Considero o projeto um marco na história das artes do Espírito Santo, uma espécie de conexão direta de Vitória com o país. Temos artistas consagrados e com uma forte representatividade assinando as obras permanentes. José Spaniol, por exemplo, apresentou uma instalação muito elogiada na Pinacoteca de São Paulo", considera.

"Também queremos que a sociedade se eduque e aprenda a preservar uma obra de arte em um espaço público. É necessário entender a importância da arte como um fator democrático de inclusão e pertencimento", aponta. 

ESTRUTURA

Além da galeria a céu aberto, o Parque Cultural Reserva Vitória, cujo projeto é assinado pelo Escritório Burle Marx e pela DG Projetos, de Diocélio Grasselli, contará com duas ruas de pedestres, piso de granito, mobiliário urbano, bancos, árvores, brinquedos infantis e equipamentos de ginástica. 

A iniciativa também promete melhorias na calçada e ciclovia de acesso ao bairro Ilha do Boi, promovendo uma total revitalização no entorno da região da Curva da Jurema.

Ao "Divirta-se", Americo Buaiz Filho, presidente da Nova Cidade Empreendimentos, responsável pela iniciativa, adiantou que o espaço será cedido à Prefeitura Municipal de Vitória, que traçará futuras ações a serem tomadas.

O Parque Cultural Reserva Vitória, na Enseada do Suá, tem previsão de inauguração em 20 de dezembro
O Parque Cultural Reserva Vitória, na Enseada do Suá, tem previsão de inauguração em 20 de dezembro. Crédito: Nova Cidade Empreendimentos/Divulgação

"A manutenção será integralmente feita pela Associação dos Moradores do Reserva Vitória, uma entidade que será criada pelos futuros residentes dos condomínios que serão construídos ao redor do parque, Ilha Vitória e Ilha Trindade. As obras serão iniciadas apenas após a inauguração do Parque Cultural, mas as normas de manutenção serão definidas em dezembro", adianta.

Americo adiantou que o Reserva Vitória vai funcionar de segunda a domingo, provavelmente das 8 às 22h, com horários ainda a serem confirmados pela PMV. A entrada será gratuita. 

"Esperamos o apoio da Prefeitura de Vitória em questões como limpeza e segurança pública. Vamos dar um suporte logístico de segurança complementar, o que chamamos Segurança Inteligente. As câmeras usadas na segurança do Shopping Vitória, por exemplo, também servirão de apoio para o parque", explica.

Segundo Buaiz, a construção do Parque Cultural Reserva Vitória veio complementar a necessidade de uma obrigação legal, uma contrapartida do uso de 30 mil m² de área para a construção dos condomínios.

"Tínhamos a obrigação de dotar 35% da área com água, esgoto, energia e pavimentação de duas ruas para transporte de veículos. Chegamos a um acordo com a Prefeitura de Vitória para que essas vias fossem destinadas ao uso de pedestres. Acredito que fomos mais além. Criamos um parque que conta com paisagismo assinado pelo Escritório Burle Marx, o maior do país, uma iluminação moderna, com rede subterrânea. É uma área que possui um viés artístico. Adjetivamos um loteamento e transformamos em um parque cultural, com potencial de se tornar um forte ponto turístico do Estado", acredita o empresário.

Americo Buaiz adianta ainda que está planejando algumas festividades de final de ano para a inauguração, em dezembro. "Nossa intenção é debater com a prefeitura a possibilidade de alguns eventos relacionados ao Natal, como iluminação especial e até shows musicais. Queremos transformar o parque em um ponto de encontro da arte com a natureza", complementa. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.