ASSINE

Parque Estadual Pedra Azul completa 30 anos e realiza lives

Serão realizadas duas lives, nesta quarta (6) e quinta-feira (7), no perfil do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e dos demais órgãos do Sistema de Meio Ambiente do governo do Estado no Instagram

Publicado em 06/01/2021 às 09h44
Atualizado em 06/01/2021 às 09h44
Pedra Azul, Domingos Martins
Pedra Azul, Domingos Martins. Crédito: Marcelo Prest

Um dos cartões postais mais bonitos do Espírito Santo, o Parque Estadual Pedra Azul, em Domingos Martins, na região Serrana do Estado, comemorou 30 anos no último domingo (03). Para celebrar o aniversário da Unidade de Conservação (UC), serão realizadas duas lives, durante esta semana, no perfil do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e dos demais órgãos do Sistema de Meio Ambiente do governo do Estado no Instagram.

Nesta quarta-feira (06), a partir das 18 horas, será realizada a live com o tema “Causos e histórias dos 30 anos do Parque Pedra Azul”, com o guarda-florestal José Bellon, conhecido popularmente como “Guarda Belo”. Ele trabalha desde 1985 na Pedra Azul e vai bater um papo com o gestor do parque, Rodolpho Torezani, e contar os “causos” que encantam os turistas que passam por lá.

nesta quinta-feira (07), será a vez de lançar a versão digital do livro “Preservando nosso quintal”, escrito por Lauro Narciso, com apoio do servidor do Iema que atua no parque, Leonardo Brioschi. A obra trata da biodiversidade da UC e da importância de preservá-la e, em breve, será distribuída, em versão impressa, para a comunidade do entorno.

A área onde está o conjunto rochoso de Pedra Azul, devido à beleza cênica e biodiversidade, além da ameaça de quase ter sido minerada para a construção da BR-262, foi declarada pelo decreto nº 312, de 31 de outubro de 1960, como Reserva Florestal de Pedra Azul, tornando-se uma área protegida. Em 1991, foi nomeada para Parque Estadual Pedra Azul.

Esse é um dos parques mais visitados no Estado, principalmente no período de inverno, quando os visitantes vão em busca do clima frio e das belíssimas paisagens das montanhas.

Durante o período de  pandemia, as visitas são realizadas em dois turnos, de 50 visitantes cada, das 8h às 11h e de 13h às 16h. É necessário agendamento prévio por e-mail, podendo agendar até seis pessoas.

INFORMAÇÕES SOBRE VISITAÇÃO:

  • Funcionamento: de terça-feira a domingo
    - Observação: o funcionamento pode ser alterado em função do Mapa de Gestão de Risco da Covid-19. Por isso, antes de visitá-lo, é sempre importante conferir se Domingos Martins não se encontra em risco alto para a transmissão do coronavírus.
  • Horários: das 8h às 11h, e das 13h às 16h
  • Agendamento: através do e-mail [email protected]
    - O interessado deve enviar nome, CPF, data e turno que deseja visitar o parque.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.