ASSINE

Você sabia que o bobó de camarão tem origem africana? Veja receita

Para homenagear a cultura afro-brasileira e a luta do povo negro neste 20 de novembro, trouxemos uma receita da educadora e ativista Winy Fabiano, chef do bufê Ubuntu Quitutes

Vitória
Publicado em 20/11/2020 às 11h45
Data: 19/11/2020 - ES - Vitória - Bobó de camarão da ativista social Winy Fabiano, no Museu do Negro, Mucane, em Vitória - Editoria: Prazer & Cia - Foto: Fernando Madeira - GZ
Bobó de camarão com farofa e arroz da Ubuntu Quitutes . Crédito: Fernando Madeira

Um dos pratos mais queridos pelos brasileiros é o bobó de camarão. O que conhecemos aqui, com base de mandioca, foi desenvolvido na Bahia, onde ganhou influência indígena. Sua origem, porém, é africana, e para homenagear a história e a cultura afro-brasileira, assim como a luta do povo negro, trouxemos uma receita especial neste 20 de novembro, Dia da Consciência Negra. 

Quem ensina é Winy Fabiano, educadora, ativista social e chef do bufê Ubuntu Quitutes, de culinária afro-brasileira e periférica, no restaurante do Museu Capixaba do Negro (Mucane) - devido à pandemia, o local está fechado. Além do bobó, brasilidades como feijoada, dobradinha, coxinha e moqueca são feitas por Winy sob encomenda (mais informações no perfil @ubuntuquitutes). Confira!

BOBÓ DE CAMARÃO, por Winy Fabiano

Rendimento: serve duas pessoas
Tempo de preparo: 
Execução: fácil
Utensílios: panela de barro, liquidificador

  • INGREDIENTES:
  • 500g de camarão limpo
  • 500g de aipim cozido e picado
  • 2 maços de coentro
  • 2 tomates picados
  • 1 cebola picada
  • 5 dentes de alho amassados
  • 3 colheres de azeite
  • 2 colheres de óleo
  • 1 colher de colorau
  • 1/2 litro de leite
  • 1 colher rasa de sal
  • MODO DE PREPARO:
  1. Aqueça a panela de barro, ponha o óleo e frite o alho, depois ponha o colorau e em seguida o camarão.
  2. Deixe refogar um pouco, depois coloque o tomate, a cebola e o coentro.
  3. Deixe refogar mais 3 minutos.
  4. Coloque o sal e o azeite.
  5. Bata no liquidificador o aipim junto com o leite e mais 5 colheres do molho do camarão já pronto.
  6. Despeje na mesma panela fervendo, deixe engrossar e está pronto.
Gastronomia Receitas Fique bem Dia da Consciência Negra

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.