ASSINE

Risoto de funghi: aprenda receita famosa em bistrô de Vitória

A chef Maria Lindoso, do Wine Garden, ensina a preparar uma de suas especialidades na casa, o risoto de cogumelos italianos secos

Publicado em 24/10/2020 às 08h00
Risoto de funghi secchi do bistrô Wine Garden
Risoto de cogumelos secos servido no bistrô Wine Garden. Crédito: Wine Garden/Divulgação

É inegável o apreço dos capixabas pelo risoto, um dos mais famosos pratos italianos. Presente no cardápio de boa parte dos restaurantes do Estado, o arroz cremoso surge em diferentes versões, desde as mais básicas, para acompanhar carnes e peixes, até as mais incrementadas e de sabor intenso, oferecidas também como prato principal.

Uma delas é o risoto de funghi secchi, feito com cogumelos italianos secos e irresistível para a maioria dos risoteiros de plantão. Convidamos a chef Maria Lindoso, do bistrô Wine Garden, em Vitória, para ensinar sua receita, bastante famosa na casa, onde faz parte do menu executivo e no jantar acompanha carré de cordeiro, filé mignon ou bife ancho. 

RISOTO DE FUNGHI SECCHI

Rendimento: 2 porções individuais
Tempo de preparo: 20 minutos, em média
Nível: fácil

  • INGREDIENTES:
  • 2 xícaras (chá) de arroz para risoto
  • ¾ xícara (chá) de funghi seco (40 g)
  • 1,5 litro de caldo de legumes
  • ½ cebola
  • 1 dente de alho
  • ½ xícara (chá) de vinho branco
  • 4 colheres (sopa) de manteiga
  • ⅓ de xícara (chá) de queijo parmesão ralado
  • 4 ramos de salsinha
  • Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
  • MODO DE PREPARO:
  1. Em uma tigela, coloque os cogumelos, cubra com 1 xícara (chá) de água fervente e deixe hidratar por alguns minutos enquanto separa os outros ingredientes.
  2. Descasque e pique fino a cebola e o alho. 
  3. Lave, seque e pique fino a salsinha.
  4. Sobre uma jarra medidora, escorra os cogumelos hidratados com uma peneira, pressionando delicadamente com a colher para extrair todo o líquido. 
  5. Acrescente o caldo de legumes ao líquido do funghi até completar 1,5 litro – ele vai ser usado para o cozimento do risoto.
  6. Transfira os cogumelos para a tábua e corte-os em pedaços médios.
  7. Coloque duas colheres (sopa) de manteiga em uma panela média e leve ao fogo médio. 
  8. Quando derreter, adicione a cebola, tempere com uma pitada de sal e refogue por quatro minutos até murchar. 
  9. Acrescente o funghi e o alho e mexa por 1 minuto. 
  10. Junte o arroz e refogue por dois minutos para envolver os grãos com a manteiga. 
  11. Tempere com sal e pimenta a gosto, lembrando-se de que o caldo caseiro não leva sal.
  12. Regue com o vinho e mexa bem até secar. 
  13. Adicione duas conchas do caldo e misture bem. Deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, até secar. 
  14. Repita o procedimento, adicionando o caldo, de concha em concha, mexendo, até o risoto ficar no ponto – o ideal é que o grão esteja cozido mas ainda durinho no centro (al dente).
  15. Atenção: na última adição de caldo, mexa e desligue o fogo. Não deixe secar completamente, pois o risoto deve ficar bem úmido.
  16.  Acrescente a manteiga restante, o parmesão e misture bem. Sirva em seguida com a salsinha picada.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.