ASSINE

Gosta de poke? Confira receita e 3 restaurantes onde pedir no ES

Se você é fã desse prato que surgiu no Havaí e espalhou-se pelo mundo, conheça opções com delivery na Grande Vitória e o passo a passo para fazer em casa

Vitória
Publicado em 29/01/2021 às 17h38

Há pouco mais de dois anos, as tigelas de poke começaram a surgir com frequência nos cardápios capixabas. Hoje consolidada por aqui, a especialidade havaiana reina colorida e refrescante em restaurantes especializados, e três deles você confere na seleção do Divirta-se. Mas se ainda não conhece os pokes e quer saber mais sobre a origem e os ingredientes clássicos, dê uma olhada nestes stories:

Anima de fazer poke em casa? No final desta matéria, a colunista do Divirta-se e chef Bia Brunow ensina a preparar uma combinação deliciosa, que remete à receita tradicional do Havaí. Aproveite e bom apetite! 

DICAS DE ONDE COMER POKE NA GRANDE VITÓRIA

  1. A Gazeta - n4flv8n
    01

    DE FRENTE PARA O MAR

    De frente para o mar na Praia de Itapuã, o canela-verde Aloha Hawaiian Restaurant tem decoração temática e cardápio dedicado à terra do poke. Na casa, o prato ícone do Havaí é servido tanto em tigelas (as tradicionais poke bowls) como em porções chamadas de poke chips - 180g de salmão ou de atum marinado em tempero à escolha, acompanhado por batata doce ou aipim chips (R$ 36,90). Segunda, das 18h às 22h; de terça a sábado, das 11h às 22h; domingo, das 11h às 16h. Av. Antônio Gil Veloso, 2728, Itapuã, Vila Velha. (27) 99625-3956. Delivery: próprio e iFood. CLUBE A GAZETA: clientes do clube ganham 15% no valor total da contaFOTO: Aloha H. R./Instagram  

  2. A Gazeta - 72fbhvowzn
    02

    OPÇÕES VARIADAS

    Primeiro restaurante especializado em poke de Vila Velha, o Poke Beach aposta em dois formatos de serviço: à la carte, com oito opções fixas de pokes frescos e quentes (a partir de R$ 35,90), e "monte seu poke", em que o cliente personaliza o prato escolhendo entre mais de 70 itens, de bases e proteínas até molhos e temperos (a partir de R$ 30,90). Além das tigelas, a casa oferece yakisoba, comida japonesa e hambúrguer de peixe. De segunda a sábado, das 11h às 23h; domingo, das 18h às 23h. Rua 15 de novembro, 460, Praia da Costa, Vila Velha. (27) 3072-0765. Delivery: Shipp, iFood e Uber Eats. FOTO: Poke Beach/Divulgação   

  3. A Gazeta - 1jxy1gol
    03

    PIONEIRO NO ESTADO

    Fica em Vitória a primeira "pokeria" do Estado, o restaurante Mahi-Mahi Poke. Das oito opções fixas do cardápio, a campeã de pedidos é a Mahalo, composta de arroz japonês (gohan), abacate, manga, tomate cereja, salmão, cebola roxa, cebolinha, molho Mahi-Mahi (à base de shoyu, gengibre, pimenta e limão), amendoim, gergelim e crispy de alho-poró (a partir de R$ 34,90). No sistema "monte o seu poke", a comanda traz mais de 40 opções para o cliente escolher. Todos os pokes da casa são servidos com gergelim e chips de batata doce. Aberto todos os dias, das 11h45 às 21h30. Av. Desembargador Demerval Lírio, 20, Mata da Praia, Vitória. (27) 3376-9790. Delivery: Shipp, iFood e Uber Eats. FOTO: Daniel Gois    

RECEITA DE POKE, por Bia Brunow 

  • DICAS DE PREPARO:
  1. Use peixes sempre frescos. Se não tiver os tradicionais salmão e atum, você pode tentar a receita com um peixe de carne branca, frutos do mar cozidos (com camarão fica uma delícia) ou até substituir a proteína animal por cogumelos salteados, tofu ou legumes. 
  2. Tente montar cumbucas com quantidades iguais de arroz, peixe e acompanhamentos.
  3. Corte os legumes em lâminas finas e o peixe em cubos precisos. Nesse prato o corte é tudo!
  4. Não exagere nos molhos. O excesso de condimentos pode acabar com o fresco e a leveza do prato.
  5. Frutas funcionam muito bem no poke: tente manga verde cortada em tiras finas ou avocado.
  6. Coma na hora. O poke é um prato para se comer fresco!
  • INGREDIENTES:
  • 100g de atum fresco cortado em cubos
  • 100g de salmão fresco cortado em cubos
  • 1 pepino japonês em fatias bem finas
  • ½ cebola roxa em fatias bem finas
  • 2 rabanetes cortados em rodelas bem finas
  • 1 xícara de vinagre de arroz
  • 4 colheres de açúcar
  • ½ xícara de saquê de cozinha (mirin)
  • 1 xícara de arroz japonês
  • ½ xícara de shoyu de boa qualidade
  • Gengibre em conserva
  • Gergelim preto e branco tostado
  • Cebolinha verde cortada fina
  • ¼ repolho roxo cortado fino
  • Folhas de alga nori
  • Gotas de óleo de gergelim torrado
Receita de poke havaiano da colunista Bia Brunow
Receita contém arroz japonês, cubos de peixe marinados e conserva de legumes  . Crédito: Bia Brunow

MODO DE PREPARO:

Conserva de legumes - leve ao fogo o vinagre, o açúcar e o saquê de cozinha. Quando levantar fervura, desligue. Em uma vasilha, acrescente a cebola, o pepino e o rabanete cortados. Despeje o molho e reserve. O resultado vai ser uma conserva agridoce parecida com sunomono.

Arroz - o mais importante é lavar até que a água saia transparente. Depois desse processo, seque os grãos com uma peneira e acrescente água fria um dedo acima do arroz. Cozinhe em fogo médio até evaporar a água. Desligue o fogo e tampe. O arroz deve ficar al dente e não muito grudento.

Molho - misture o shoyu, algumas gotas de óleo de gergelim e o gengibre (fresco ou em conserva) ralado ou em pedaços. Junte aos cubos de peixe para que marinem por alguns minutos. Em seguida, é só montar na tigela com o restante dos acompanhamentos.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.