ASSINE

Festival da Torta Capixaba da Ilha das Caieiras terá delivery por app

Principal evento gastronômico da comunidade acontecerá somente com entregas em domicílio, entre os dias 9 e 12 de abril

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 25/03/2020 às 16h19
Atualizado em 15/04/2020 às 18h59
Torta capixaba servida no restaurante Moqueca do Geraldo, em Manguinhos
Torta capixaba. Crédito: Edson Chagas/Arquivo
Selo para campanha apoie o capixaba -  empreendedores

Como forma de evitar aglomerações e prevenir a população do contágio pelo novo coronavírus, algumas tradições gastronômicas precisaram ser revistas. Uma delas é o Festival da Torta Capixaba, na Ilha das Caieiras, que mesmo não acontecendo de forma presencial este ano, ganhará um novo formato, on-line, em que todos os pratos serão entregues na casa dos consumidores por meio de um aplicativo capixaba de delivery, entre os dias 9 e 12 de abril.

A iniciativa surgiu de uma parceria entre a Prefeitura de Vitória, a Associação de Pescadores, Marisqueiros e Desfiadeiras de Siri da Ilha das Caieiras, o Movimento Comunitário de Moradores da Ilha das Caieiras e o aplicativo Shipp. Ao todo, participarão do evento 31 expositores e 9 restaurantes da Ilha das Caieiras, que estarão funcionando para entregas em uma área especial do aplicativo, disponível para IOS e Android. 

"Como a orientação é para as pessoas evitarem sair de casa, muitas terão dificuldade de encontrar os ingredientes para o preparo da torta. Desse modo, o aplicativo é uma alternativa para que o público possa conferir os pratos do festival", destaca o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV), Leonardo Krohling.

ESPERANÇA PARA A COMUNIDADE

A vice-presidente da Associação de Pescadores, Marisqueiros e Desfiadeiras de Siri da Ilha das Caieiras, Simone Leal, destacou que toda a matéria-prima para confecção das tortas já estava garantida para a data e que a parceria trouxe esperança para as dezenas de famílias que dependem do evento. 

"Além de ajudar a comunidade, que amargaria grandes prejuízos com o cancelamento do evento, a iniciativa representa um grande passo para o futuro, que é a utilização da tecnologia a favor da comunidade. Estamos muito confiantes e preparados para atender os milhares de capixabas que não abrem mão dos pratos tradicionais da Semana Santa", comemora.

*Com informações da PMV

A Gazeta integra o

Saiba mais
Gastronomia Coronavírus Coronavírus no ES Fique bem Apoie Empreendedores Capixabas

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.