ASSINE

Morre cineasta Cadu Barcellos, do "Greg News", esfaqueado no Rio

Cadu havia saltado de carro de aplicativo próximo a metrô do Centro do Rio de Janeiro, quando foi rendido e morto. Polícia investiga o caso

Publicado em 11/11/2020 às 08h58
O cineasta Cadu Barcellos
O cineasta Cadu Barcellos. Crédito: Reprodução/Instagram @cadubarcellos

O cineasta Cadu Barcellos, de 34 anos, morreu na madrugada desta terça (10) após ser esfaqueado na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio de Janeiro. O artista foi encontrado morto por policiais do Batalhão da Praça da Harmonia, que foram acionados para o local pela ocorrência. 

Cadu era assistente de Direção do programa "Greg News", de Gregório Duvivier, na HBO, e foi diretor e roteirista da série "Mais X Favela", de 2011, do Multishow. Além disso, foi um dos diretores do documentário "5X Pacificação", de 2012. 

Segundo informações do Uol, Cadu havia saído da Pedra do Sal de carona em um carro de aplicativo e desembarcou no Centro. No destino, foi rendido próximo a uma estação de metrô. Um amigo do cineasta, William Oliveira, relatou à TV Globo que "Cadu foi assassinado possivelmente por conta de um celular, um RioCard (vale-transporte) e um punhado de reais". 

A polícia informou que uma perícia foi acionada e que a investigação está com a Delegacia de Homicídios. 

Rio de Janeiro celebridades Famosos Rio de Janeiro (RJ)

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.