ASSINE

Vitória seleciona empresa para restaurar o Casarão Von Schilgen

Edital de chamamento público foi aberto nesta quinta-feira (3). Empresa que reformar poderá fazer uso do espaço

Publicado em 03/10/2019 às 14h15
Casarão da Chácara Von Schilgen, localizado na Praia do Canto, em Vitória. Crédito: Carlos Antolini/PMV
Casarão da Chácara Von Schilgen, localizado na Praia do Canto, em Vitória. Crédito: Carlos Antolini/PMV

O Casarão da Chácara Von Schilgen, na Praia do Canto, em Vitória, pode ser reformado em breve. A prefeitura abriu edital de chamamento público para empresas interessadas em fazer as obras. As organizações poderão usar o espaço para projetos privados de uso público após a reforma

.O edital está publicado no site da Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória (CDTIV). Ele explica que os selecionados vão poder reformar o imóvel e dar uso em projetos ligados à educação ambiental e patrimonial, ao desenvolvimento científico, ao resgate histórico, ao fomento ao empreendedorismo, ao atendimento a turistas ou à prestação de serviços de interesse coletivo

As propostas técnicas e documentação devem ser entregues até o dia o no dia 5 novembro, na sede da CDTIV, que fica no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac), rua Vitório Nunes da Motta, 220, 7º e 8º andares, na Enseada do Suá. Os pré-requisitos para participar são ter ano de existência legal e previsão em seus contratos de objetivos inerentes ao objeto do chamamento público.

É proibida a participação de entidades não legalizadas e sem comprovação de habilitação jurídica, fiscal e técnica e de consórcios.

"Essa ação é muito importante porque esse casarão tem, igualmente, uma grande importância histórica, artística e também emocional para todos os moradores de Vitória. A restauração e o uso adequado daquele espaço fazem parte do nosso esforço para que os espaços públicos sejam ocupados adequadamente. É uma ação moderna de uso de concessão pública de uma área para melhor utilização, e nós esperamos que, em breve, tenhamos o casarão restaurado e sendo novamente utilizado”, defendeu o prefeito de Vitória, Luciano Rezende.

ACORDO

A organização escolhida  terá 180 dias para iniciar os trabalhos de restauro, após a assinatura do acordo com a CDV. Segundo o diretor-presidente da CDTIV, Leonardo Krohling, o espaço será cedido para uso por dez anos, podendo ser renovado pelo mesmo período.

“O casarão é um espaço belíssimo e de grande relevância para a cultura capixaba, bem localizado no coração da Praia do Canto. A proposta é dar uso a essa edificação histórica, sem custos para o município. Em novembro, acreditamos que o processo de seleção deve ser concluído, caso haja interessados”, informou Krohling.

HISTÓRIA

A edificação, construída por João Batista Politti, abrigou uma das famílias mais ricas e tradicionais da sociedade capixaba, no final do século XIX. Ela ficou vazia e passou a ser alvo de interesse do mercado imobiliário devido à sua localização, perto do Morro do Cruzeiro, e à valorização crescente do bairro.

O imóvel teve a cobertura restaurada pela Prefeitura de Vitória em 2009, visando minimizar a ação das intempéries. A residência já sediou a Casa Cor ES. Atualmente, a casa encontra-se desocupada.

A área do casarão abriga o Parque Natural Municipal Von Schilgel. O local conta com lindas paisagens, trilhas para caminhadas e contempla inúmeras espécies de árvores e refúgio de aves silvestres. A altitude até o topo do morro é de 65 metros. O funcionamento é de terça a domingo, das 8 às 17 horas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.