ASSINE

Secretário de Turismo de Aracruz participa de quadro do Caldeirão do Huck

Moisés Mercier e família disputam o prêmio do "Tem ou não tem" contra grupo de  Niterói (RJ)

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 12/02/2021 às 16h58
Atualizado em 12/02/2021 às 16h58
A família Mercier, de Aracruz, participa do programa
Os Mercier disputam o quadro "Tem ou Não Tem" com a família Duarte, do Rio de Janeiro. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Mais uma vez, o Espírito Santo vai marcar presença no "Caldeirão do Huck"Após a participação dos Serrano, de Jacaraípe (Serra), chegou a vez da família Mercier, de Vila do Riacho, Aracruz, encarar os desafios do quadro "Tem ou Não Tem". A atração vai ao ar neste sábado, a partir das 15h50, na TV Gazeta

MoisésSáraSuely e Sandra entram na disputa pelo prêmio de R$ 30 mil contra a família Duarte, de Niterói (RJ). "Como preparação, assistimos a todas as edições do programa. De casa, a gente responde às perguntas. Na hora 'h', a coisa é bem diferente. Bate um nervosismo e uma ansiedade que faz com que não consigamos colocar em prática qualquer estratégia de jogo", adianta Moisés Mercier, técnico do time na atração e atual Secretário de Turismo de Aracruz

A família Mercier visitando em frente ao seu camarim no programa
A família Mercier visitando em frente ao seu camarim no programa "Caldeirão do Huck". Crédito: Moisés Mercier

Moisés afirma ter participado do "Caldeirão" em plena pandemia do novo Coronavírus. "Gravamos em novembro, com todas as medidas de segurança necessárias. Fizemos vários testes de Covid-19 antes de entrarmos em contato direto com Luciano Huck. Pena que não fizemos um tour pelos Estúdios Globo, em sua maioria fechados por conta da crise sanitária", lamenta. 

Afirmando participar de uma família "muito unida", Moisés confessou que uma reunião decidiu quais membros do clã viajariam para o Rio de Janeiro. "Nossa ideia era representar bem Aracruz e o Espírito Santo. Aproveitamos ao máximo. Eu, que sou muito brincalhão, queria dançar forró ao lado de Dani Bananinha. Pena que a pandemia não deixou."

COMPETIÇÃO

Para quem ainda não conhece, "Tem ou Não Tem" é baseado no jogo americano “Family Feud”, sucesso no mundo todo desde 1976. No palco do programa, duas famílias se enfrentam tentando descobrir as respostas mais citadas – mas nem sempre tão óbvias como parecem – em perguntas feitas a grupos de 100 integrantes sobre os mais variados assuntos.

Ao final das quatro rodadas, a família que tiver acumulado mais pontos ganha o duelo e tem a chance de conquistar o prêmio de R$ 30 mil. Para isso, dois de seus integrantes participam do “Tudo ou nada”: o primeiro deles deve acertar as respostas mais citadas de cinco novas perguntas em apenas 25 segundos; o segundo, sem ter ouvido as respostas de seu familiar, tenta acertar os itens mais citados nas mesmas cinco perguntas em 30 segundos.

A família leva o prêmio em dinheiro para casa se as respostas dos dois, somadas, chegarem a um total de 200 pontos. Caso contrário, ganha apenas R$ 5 mil.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Aracruz Rede Globo TV Gazeta aracruz luciano huck

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.