Desafio: internautas 'recriam' obras de arte durante a quarentena

Pessoas de diversos países estão publicando fotos em que recriam obras de arte - em especial quadros. O desafio permite que participantes foquem em uma representação fiel ou tentem fazer recriações mais bem humoradas

Publicado em 21/04/2020 às 08h00
Atualizado em 21/04/2020 às 08h00
Pessoas do mundo todo 'recriam' obras de arte durante a quarentena
Pessoas do mundo todo 'recriam' obras de arte durante a quarentena. Crédito: Reprodução

Mesmo com os museus fechados, muitas pessoas estão buscando apoio na arte como forma de enfrentar o período de quarentena devido ao coronavírus. Durante o isolamento social, grupos e museus estão ajudando no processo de buscar saúde mental estimulando um desafio divertido e cheio de arte. A ideia é recriar obras famosas dentro de casa, usando e abusando da criatividade.

Um dos primeiros a lançar o desafio foi um grupo de amigos russos que criou a página no Facebook Izoizolyacia, traduzido livremente como "arte-isolamento" ou "arte no isolamento". Além deles, museus do mundo todo também estão aderindo a ideia de engajar as pessoas através das redes sociais para que elas participem da brincadeira.

No desafio, os membros do grupo russo, que atualmente estão em 470 mil, publicam fotos em que recriam obras de arte - em especial quadros, podendo focar em uma representação fiel ou tentar fazer recriações mais bem humoradas.

Pessoas do mundo todo 'recriam' obras de arte durante a quarentena
Pessoas do mundo todo 'recriam' obras de arte durante a quarentena. Crédito: Reprodução

A ideia surgiu de Katerina Brudnaya-Chelyadinova, que atualmente é uma das administradoras da página. Ela publicou uma foto do marido vestido de Van Gogh, e convidou os amigos a fazer outras recriações. "A ideia era fazer algo para se divertir, para parar de ficar pensando no covid-19", comentou, em entrevista ao E+.

Após o post, Katerina recebeu cerca de 30 trabalhos dos amigos e decidiu criar um grupo no dia 30 de março de 2020 para registrar os materiais. A atividade de relaxamento e distração caiu no gosto popular e, em pouco tempo, o grupo já tinha milhares de pessoas. As regras são: é proibido publicar fotos feitas fora de casa, os trabalhos devem ser autorais e não pode usar filtros ou outras edições.

As recriações das obras de arte podem ser conferidas nesse link do Facebook.

MUSEUS ADEREM A IDEIA DO DESAFIO

Muitas instituições, como museus do mundo todo - que estão fechados ao público por conta da quarentena, também estão engajando as pessoas através das redes sociais. Um deles é o J. Paul Getty Museum, de Los Angeles, nos estados Unidos, que  desafiou os fãs a postarem imagens recriando suas obras de arte favoritas, utilizando qualquer coisa que tiverem em casa.

Pessoas do mundo todo 'recriam' obras de arte durante a quarentena
Pessoas do mundo todo 'recriam' obras de arte durante a quarentena. Crédito: Reprodução

Veja outras recriações de obras de arte:

Ver essa foto no Instagram

#virearte Lavrador de café, Cândido Portinari

Uma publicação compartilhada por Eduardo Mello (@mello589375) em

Ver essa foto no Instagram

A Leitura/Almeida Jr. #virearte #arte1nãopara

Uma publicação compartilhada por Bianca Donata (@biancadonata) em

Ver essa foto no Instagram

Pietá, Michelangelo #virearte #arte1nãopara @canalarte1

Uma publicação compartilhada por Wemerson Peu de Freitas (@wemersonpeu) em

Coronavírus Coronavírus no ES Fique bem cultura Arte Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.