ASSINE

EDP encerra inscrição para programa de estágio nesta quinta (26)

Para o Espírito Santo, são 17 vagas; a empresa informou que metade dos postos serão preenchidos por candidatos negros. Selecionados terão modelo de trabalho híbrido

EDP realizada Olimpíada em parceria com a Aneel; expectativa é que mais de 3 mil alunos do Estado participem.
EDP seleciona jovens talentos para atuar em diversas áreas da empresa. Crédito: EDP/Divulgação

As inscrições para o programa de estágio da EDP terminam nesta quinta-feira (26). A oferta é de 64 vagas para atuação em diversas áreas de negócio da empresa. A companhia informou que metade das oportunidades são destinadas a candidatos negros. Os interessados podem se inscrever pelo site do programa.

Para o Espírito Santo, são 17 chances. Em Vitória, a companhia tem nove postos para estágio em Eficiência Energética e Consumo Sustentável, Técnico em Planejamento da Distribuição, Grandes Clientes, Técnico em Canais Presenciais, Desenvolvimento Comercial, Ouvidoria, Arrecadação e Inadimplência, Comunicação e Gestão de Stakeholders.

Já para a unidade de Carapina, na Serra, são cinco vagas para Sistemas de Controle, Técnico de Sistemas de Controles, Técnico de Serviços de Distribuição, e Serviços de Distribuição. Há ainda duas oportunidades em Cariacica para Serviços de Distribuição e uma para João Neiva para Técnico de Planejamento da Distribuição.

A seleção também oferece postos nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Ceará, Minas Gerais e Maranhão. O processo seletivo é aberto a candidatos que tenham graduação prevista até dezembro de 2024 e disponibilidade para estagiar de 20 a 30 horas semanais (a carga horária varia conforme a necessidade da área). É desejável ainda conhecimento intermediário em Pacote Office (Word, Excel e Power Point).

Ao todo, serão cinco etapas: inscrição, teste on-line, vídeo entrevista, avaliação e entrevista. Todas as fases serão realizadas on-line. A previsão é de que os novos estagiários comecem as atividades em novembro, seguindo o modelo de trabalho híbrido. Os contratos terão a duração de um ano, podendo ser renovado pelo mesmo período.

Os selecionados receberão bolsa-auxílio compatível com o mercado, vale-refeição, vale-transporte, horário de trabalho flexível, seguro de vida e assistência médica.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.