ASSINE

Regulador antitruste da Alemanha inicia investigação sobre Google

São analisadas s as atividades alemãs e irlandesas. Alphabet, controladora do bigtech, também é alvo das autoridades

Publicado em 25/05/2021 às 10h38
Google entrou com recurso junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) na tentativa de revogar ordem judicial
Google entrou com recurso junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) na tentativa de revogar ordem judicial . Crédito: Reuters/Folhapress

O regulador antitruste da Alemanha, Bundeskartellamt, iniciou investigações sobre as unidades alemã e irlandesa do Google e também sobre a Alphabet, controladora do gigante de tecnologia americano, com base em nova leis de concorrência que se aplicam a grandes empresas digitais.

"Devido ao grande número de serviços digitais oferecidos pelo Google (...) a empresa poderá ser considerada de importância fundamental para a concorrência através dos mercados", disse o presidente da agência, Andreas Mundt, em comunicado. A Bundeskartellamt já abriu investigações semelhantes sobre Facebook e Amazon.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Facebook Google Amazon Alemanha Alemanha

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.