ASSINE

Preços de alimentos podem variar com a dificuldade de transporte

Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirma que pode haver alta por conta das dificuldades enfrentadas pelos caminhoneiros durante a pandemia

Publicado em 02/04/2020 às 09h24

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que os preços dos alimentos podem variar de uma semana para a outra por conta das dificuldades enfrentadas pelos caminhoneiros para o transporte durante a pandemia de coronavírus.

"Os caminhoneiros estão ai todo dia pedindo por restaurantes e por alimentação para fazer seu trabalho. Temos acompanhado, mas realmente vamos ter que ter muita calma nessa hora", afirmou.

Os motoristas de caminhão reclamam que o fechamento obrigatório do comércio atingiu também restaurantes e pontos de pouso nas estradas, o que dificulta o transporte. "O que temos feito é checar se realmente existe falta do alimento para ter subida de preço ou não, em um gabinete que o ministério montou de acompanhamento do coronavirus", completou a ministra, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Coronavírus alimentacao

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.