ASSINE

Alfândega abre 39 vagas para peritos autônomos no Porto de Vitória

Todo o processo seletivo acontecerá de forma digital. Candidatos devem ser formados em Engenharia, ou em cursos fiscalizados pelo sistema Confea/Crea

Publicado em 13/07/2020 às 09h45
Atualizado em 13/07/2020 às 09h45
Foto aérea do Porto de Vitória
Foto aérea do Porto de Vitória. Crédito: Codesa/Divulgação

A Alfândega da Receita Federal abre nesta segunda (13) a inscrição para preencher 39 vagas de peritos autônomos que vão trabalhar no Porto de Vitória. As inscrições poderão ser feitas até o dia 24 de julho por e-mail. A ficha de inscrição presente no edital, bem como documentos pessoais e comprovantes profissionais também serão enviados por meio digital.

Os profissionais selecionados deverão fazer análises sobre as mercadorias importadas e exportadas, além de fazer laudos sobre as atividades de comércio exterior. A remuneração dos peritos autônomos varia de acordo com a produtividade e com as atividades prestadas por eles. A Receita Federal foi questionada sobre o salário médio mensal destes profissionais, mas ainda não respondeu.

As vagas são destinadas, principalmente, para profissionais de engenharia de diversas áreas. Contam como critérios de classificação o tempo de atuação do profissional, a experiência na área, e o certificado de cursos de pós-graduação e especialização. Outra exigência é que os candidatos morem a, no máximo, 300 quilômetros de Vitória no dia em que o edital foi publicado: 7 de junho.

Para solicitar a inscrição o candidato deverá enviar um e-mail para [email protected] contendo o nome completo, número do CPF e telefone para contato. No assunto do e-mail deve ter o nome do candidato e a expressão “Processo Seletivo Peritos Edital nº 42/2020”. Depois disso o candidato irá receber o Dossiê Digital de Atendimento (DDA) ele deverá juntar o formulário de solicitação de inscrição e toda a documentação de habilitação.

Dúvidas devem ser enviadas para o endereço [email protected]

VEJA QUAIS SÃO AS VAGAS:

Quantificação (mensuração) de mercadoria a granel, sólido, líquido ou gasoso (arqueação de embarcações e plataformas flutuantes)

  • Formação profissional: Profissionais de qualquer das áreas fiscalizadas pelo sistema Confea/Crea, com experiência profissional mínima de 2 anos na área de arqueação.
  • 20 vagas.

Mecânica

  • Formação profissional: Engenharia Mecânica, com experiência profissional mínima de 2 anos na área.
  • 4 vagas.

Elétrica

  • Formação profissional: Engenharia elétrica, com experiência profissional mínima de 2 anos na área.
  • 3 vagas.

Informática

  • Formação profissional: Engenharia de Computação ou Engenharia Eletrônica, com experiência profissional mínima de 2 anos na área.
  • 3 vagas.

Têxtil

  • Formação profissional: Engenharia Têxtil, com experiência profissional mínima de 2 anos na área.
  • 3 vagas.

Química

  • Formação profissional: Engenharia Química, com experiência profissional mínima de 2 anos na área.
  • 3 vagas.

Telecomunicações

  • Formação profissional: Engenharia de Telecomunicações, Engenharia Eletrônica, com experiência profissional mínima de 2 anos na área.
  • 3 vagas.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.