ASSINE
Bia Brunow é uma jornalista que virou cozinheira. Por aqui vamos ter muita cozinha afetiva, viagens e histórias contadas entre uma garfada e outra

Feijoada sem segredos: qual é o melhor jeito de fazer o prato?

Cada um tem a sua própria receita de feijuca e a colunista Bia Brunow conta em detalhes como prepara a dela

Publicado em 07/04/2021 às 16h14
Feijoada preparada pela chef Bia Brunow
Feijuca da Bia: receita com inspiração paterna. Crédito: Bia Brunow

Feijoada: cada um tem um jeito de fazer, uma lista de ingredientes, um tempo de cocção. Nem ouso dizer que o meu jeito é melhor do que o de ninguém. Na minha opinião, meu pai faz a melhor do mundo, e na feijoada dele busquei inspiração para a minha.

Tenho em comum com ele misturar carnes e linguiças curadas com carnes frescas. Minha feijuca basicona leva paio e calabresa, carne seca, lombinho defumado, bacon e costelinha de porco fresca - nem vou entrar em questão de orelha, rabo, língua e pé porque aí cada um usa o que preferir.

Meu pai costuma aferventar as carnes antes de juntar ao refogado. Eu prefiro limpar o excesso de gordura antes, porque acho que aferventar compromete um pouco o sabor. Além disso, são características da minha versão: banana-da-terra na farofa, couve fresca, sem refogar, e...ovo cozido na feijoada (essa sim uma deliciosa influência do meu pai).

Bia Brunow

Chefe de cozinha e jornalista

"O feijão, protagonista, tem que ser bem escolhido. Uma boa dica é tentar comprar de pequenos produtores ou em mercados de venda a granel para garantir grãos mais frescos, que cozinhem bem sem o atalho da panela de pressão."

Minha feijoada é feita em panela grande, de fundo grosso, onde refogo e cozinho as carnes lentamente e adiciono os grãos e a água em seguida para que todos cozinhem juntinhos e possam compartilhar sabores e temperos entre si.

FEIJUCA DA BIA

  • Rendimento: 12 porções (não tem essa de pouca feijoada, tem?)
  • Tempo de preparo: 1 dia para a dessalgação das carnes + 2h de preparo
  • Execução: dá trabalho, mas não é difícil
  • INGREDIENTES:
  • 400g de paio em rodelas
  • 500g de carne seca dessalgada
  • 400g de linguicinha calabresa em pedaços (gosto da fininha)
  • 500g de costelinha de porco (fresca)
  • 300g de lombinho defumado
  • 200g de bacon em cubos
  • 1kg de feijão
  • 1 cabeça de alho (dentes picadinhos)
  • 2 ramas de talos de coentro picadinhos
  • 5 tomates em cubos
  • 4 folhas de louro
  • 2 pimentas dedo-de-moça picadinhas
  • 1 dose de cachaça
  • 10 ovos cozidos
  • Cheiro verde picado a gosto

MODO DE PREPARO:

  1. A única coisa que faço na pressão é a carne seca. Deixe dessalgar de um dia pro outro, corte em cubos médios e cozinhe na panela de pressão por 40 minutos. Escolhendo um bom feijão, deixe de molho, somente, antes de ele entrar no processo.
  2. Em uma panela grande e de fundo grosso, acrescente os ingredientes para o refogado: o bacon, a pimenta, a cebola, o alho, os talos de coentro e as folhas de louro. Deixe dourar bem e acrescente as carnes frescas para selar.
  3. Em seguida, adicione a carne seca cozida e o lombinho defumado, ambos cortados em cubos. Nada é temperado com sal, pois as proteínas curadas já são suficientes para temperar o prato.
  4. Depois de douradas, jogue os tomates. Não é muito comum usá-los em feijoada, mas acho que dão frescor e ajudam a suavizar o prato.
  5. Com a panela bem quente e as proteínas bem douradas, jogue a cachaça para dar um sabor bem especial e espere evaporar.
  6. Cubra as carnes com água e deixe cozinhar por 40 minutos para que fiquem macias.
  7. Em seguida, acrescente o feijão e deixe cozinhar por mais 40 minutos, em média. Se necessário, no final, pegue algumas conchas do feijão, amasse os grãos e volte com essa mistura para a panela, para engrossar o caldo.
  8. Ajuste o tempero, se necessário, e finalize com bastante tempero verde. 
  9. Como acompanhamento, gosto de preparar uma boa farofa de banana, um vinagrete fresquinho e uma couve fininha temperada apenas com limão e sal.

A sua feijoada se parece com a minha? Sua receita tem algum ingrediente ou toque especial? Conte pra mim lá no Instagram, pelo @biabrunow. Até a próxima! 

Clique aqui para ler as colunas anteriores. 

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.