ASSINE

Previsão de novo ciclone e tempo instável no Sudeste, aponta Climatempo

Segundo a Marinha, caso realmente o ciclone se forme, ele receberá o nome "Raoni", que significa grande guerreiro;  Lua Nova também aumenta o risco de mar agitado e de ressaca

Vitória
Publicado em 07/06/2021 às 21h41
Atualizado em 08/06/2021 às 14h22
Tempo nublado, com possibilidade de chuva rápida deve durar até quinta (21) no ES
Área de baixa pressão atmosférica deve causar chuva no Sudeste, inclusive no Espírito Santo. Crédito: Carlos Alberto

Atualização

8 de Junho de 2021 às 14:23

O Instituto Climatempo informou nesta terça-feira (8) que a previsão mudou e não há mais a possibilidade de formação do ciclone. O texto foi atualizado.

Uma área de baixa pressão atmosférica pode se formar e dar origem a um ciclone subtropical nesta semana. A previsão foi apontada pelo Instituto Climatempo, que diz que o sistema vai aumentar as condições de chuva no centro-sul do Brasil, inclusive na Região Sudeste, que já enfrenta vários dias de tempo seco.

Segundo o instituto, já no início desta semana a área de baixa pressão deve provocar chuva em áreas do Sul do Brasil, mas é a partir de quarta-feira (9) que ele passa a exercer influência também sobre São Paulo e até em áreas do Mato Grosso do Sul.

A previsão é de que a chuva se espalhe sobre grande parte do Sudeste e que volte a chover em todos os Estados, inclusive em áreas que não registram chuva significativa há muitos dias.

O Climatempo aponta que alguns modelos meteorológicos indicam que o ciclone que irá atuar entre a costa do Sul e Sudeste esta semana terá características subtropicais, no entanto, é necessário aguardar mais alguns dias para que essa previsão se confirme.

O instituto também esclarece que, diferente dos ciclones extratropicais, os ciclones subtropicais não estão associados a frentes frias. "O centro dos ciclones subtropicais é mais quente do que a atmosfera ao redor, o que deixa o tempo mais instável e aumenta as condições para ocorrência de tempestades severas", detalha.

No país, quem batiza os sistemas meteorológicos especiais que se formam na costa brasileira é a Marinha Brasil. Os nomes são geralmente de inspiração indígena, em tupi-guarani. A nomeação ocorre para sistemas que se formem apenas na área marítima de responsabilidade da Marinha, a chamada meta área. Caso realmente o ciclone se forme, ele receberá o nome "Raoni", que significa grande guerreiro.

MAR AGITADO E RESSACA

Caso a previsão do ciclone subtropical se confirme, o Instituto Climatempo reforça que é muito provável que haja agitação marítima na costa do Sudeste. Além da atuação do ciclone, a Lua Nova, prevista para o dia 10 de junho, também aumenta o risco de mar agitado e de ressaca, principalmente nas costas de São Paulo e Rio De Janeiro.

Com a Lua Nova, a força gravitacional da Lua combinada com a do Sol cria amplitudes maiores da maré (ou seja, marés altas maiores que a média e marés baixas menores do que a média – o mar avança/recua mais em relação à faixa de areia). Tudo isso combinado a um possível ciclone subtropical, aumentaria muito o risco de ressaca.

Climatempo Espírito Santo Previsão do Tempo São Paulo (SP) ciclone clima espírito santo Rio de Janeiro (RJ)

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.