ASSINE

Prefeitura recolhe 17 toneladas de areia em avenida da orla de Vila Velha

Trecho da Avenida Estudante José Júlio de Souza, na orla entre Itapuã e Itaparica, amanheceu coberto pela areia da praia levada pelos ventos fortes. Foram precisos três caminhões basculantes para remover todo o sedimento da pista

Publicado em 26/08/2020 às 12h33
Atualizado em 26/08/2020 às 12h33
Tempo em Vila Velha
O vento forte que há dias incide no litoral de Vila Velha levou muita areia da praia para a pista na orla da cidade. Crédito: Vitor Jubini

Parafraseando a expressão popular "de grão em grão a galinha enche o papo", em Vila Velha, de carrinho de mão em carrinho de mão os funcionários da prefeitura encheram as caçambas do caminhão com a areia recolhida da Avenida Estudante José Júlio de Souza, no trecho a orla entre Itapuã e Itaparica, na manhã desta quarta-feira (26).

Segundo a nota enviada pela Prefeitura de Vila Velha à reportagem de A Gazeta, a ventania da madrugada desta quarta-feira jogou cerca de 17 toneladas de areia ao longo da avenida. Foram precisos três caminhões basculantes para acomodar todo o sedimento que foi parar no meio da pista. Equipes trabalharam desde as primeiras horas da manhã na remoção do sedimento e o trânsito chegou a ser afetado durante os serviços.

Vila Velha
Funcionários da Prefeitura de Vila velha tiveram trabalho para retirar a areia da pista na manhã desta quarta-feira (26). Crédito: Reprodução/TV Gazeta

A explicação para tanta areia na pista se deve aos ventos constantes que há dias sopram na faixa litorânea do município da Grande Vitória e também no restante do litoral capixaba. Desde a última segunda-feira (24), as rajadas estão mais intensas e fortes devido à atuação de um ciclone em alto-mar, localizado a cerca de 800 quilômetros da costa ao Sul do Estado. Por conta do fenômeno meteorológico, a velocidade que pode alcançar até os 80 km/h.

De acordo com o monitoramento mais recente da Marinha do Brasil, o ciclone começa a perder força já no fim da noite desta quarta-feira, mas ainda deixa o mar agitado com ondas que variam entre 2,5 metros na costa e de até 5 metros de altura em alto-mar.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.