Toffoli é diagnosticado com coronavírus após apresentar sintomas leves

Dias Toffoli teve sintomas como tosse e cansaço e decidiu fazer exames. Ele está em sua casa, em Brasília, de quarentena

Publicado em 13/10/2020 às 20h50

O ministro Dias Toffoli, do STF (Supremo Tribunal Federal), foi infectado pelo novo coronavírus. Ele está em sua casa, em Brasília, de quarentena.

Presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli
Ministro do Supremo Dias Toffoli. Crédito: Fellipe Sampaio /SCO/STF

O magistrado começou a sentir sintomas respiratórios leves, com um pouco de tosse e cansaço, e decidiu fazer exames, sob supervisão da cardiologista intensivista Ludhmila Hajjar, do hospital Vila Nova Star.

Toffoli recebe o diagnóstico de Covid-19 pouco mais de um mês após a posse de Luiz Fux na presidência do STF (Supremo Tribunal Federal), celebrada com um coquetel e sucedida por uma infecção generalizada pelo novo coronavírus entre os participantes.

Além do próprio Fux, ao menos outras oito autoridades receberam o diagnóstico da doença na semana seguinte à solenidade.

A ministra Cármen Lúcia, que esteve na posse no dia 10 de setembro, confirmou estar com Covid-19 três dias após faltar a sessões presenciais no STF.

Em agosto desde ano, Toffoli, então presidente da corte, foi internado com problemas pulmonares. A suspeita foi a de que os problemas tenham sido causados por exposição a fungos, ácaros e bactérias no ambiente de trabalho, e foi ordenada uma revisão no sistema de ar-condicionado.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.