ASSINE

Bolsonaro critica decisão de Rosa Weber que liberou Wilson Lima de depor em CPI

Depoimento do governador do Amazonas estava marcado para esta quinta-feira (10). Com decisão da ministra do STF, ele não comparecer à comissão

Publicado em 10/06/2021 às 13h29
O presidente da República, Jair Bolsonaro, em evento em Brasília
O presidente da República, Jair Bolsonaro, criticou decisão de ministra do STF. Crédito: Marcos Correa/ PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou, nesta quinta-feira (10), a decisão da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber, que permitiu ao governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), não comparecer à CPI da Covid. "Vocês viram a decisão da ministra Rosa Weber?", perguntou a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada. "Nem precisa ver. Querem investigar quem mandou o dinheiro, não quem possivelmente tenha desviado. E pode comparecer e ficar quieto também", completou.

Pouco depois, Bolsonaro criticou a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), por, segundo ele, gerir indevidamente recursos para o combate à pandemia. "Inclusive, o Tribunal de Contas do Estado disse que ela tirou esse dinheiro da Saúde e gastou R$ 900 milhões como folha de pagamento. É isso? Aí eu sou genocida?", comentou.

O presidente e seus aliados no Parlamento tentam mudar o foco da CPI da Covid e incluir governadores na pauta da comissão, para tentar dividir a responsabilidade por eventuais erros de gestão da pandemia com lideranças regionais.

O relator, Renan Calheiros (MDB-AL), e o presidente, Omar Aziz (PSD-AM), no entanto, têm trabalhado para manter os trabalhos concentrados em medidas tomadas pelo governo federal.

Com o aval de Rosa Weber, Wilson Lima não compareceu ao depoimento que estava marcado para a manhã desta quinta-feira.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.