ASSINE

Blogueiro bolsonarista é preso em inquérito de atos antidemocráticos

O mandado de prisão de  Oswaldo Eustáquio foi autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, no inquérito dos atos antidemocráticos

Publicado em 26/06/2020 às 15h28
Atualizado em 26/06/2020 às 15h47
Busca da PF gera embate entre Senado e Supremo
O mandado de prisão foi autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes. Crédito: Pedro França/Agência Senado | Arquivo

O jornalista-ativista Oswaldo Eustáquio foi preso nesta sexta-feira (26) pela Polícia Federal, em Campo Grande (MS).

O mandado de prisão foi autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, no inquérito dos atos antidemocráticos.

Ele já tinha sido alvo de uma ordem de busca e apreensão há duas semanas.

A PF argumentou no pedido de prisão que havia risco de fuga do investigado.

No inquérito, a Procuradoria-Geral da República disse ao Supremo que Eustáquio defendeu uma "ruptura institucional de maneira oblíqua". Ele é sócio da Target Journal Comunicação.

O blogueiro é próximo da ativista Sara Winter, líder de um grupo armado de extrema direita. Ela cumpre prisão domiciliar por ordem de Moraes.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.