Cadela recebe herança de US$ 5 milhões após morte do tutor nos EUA

Empresário de sucesso, o homem de 84 anos deixou um testamento no qual afirma que o dinheiro deve ser colocado em um fundo para os cuidados da cachorra

Publicado em 14/02/2021 às 17h42
Atualizado em 14/02/2021 às 17h42
 O tutor da cadela Lulu deixou uma herança de US$ 5 milhões para ser usada nos cuidados com o animal
O tutor da cadela Lulu deixou uma herança de US$ 5 milhões para ser usada nos cuidados com o animal. Crédito: Reprodução | WTVF

A cadela Lulu, uma Border Collie de oito anos de idade, terá uma boa vida em Nashville, cidade dos Estados Unidos, após a recente morte do tutor dela. O homem deixou US$ 5 milhões de herança para o animal de estimação, que está sob os cuidados de uma amiga dele.

Em entrevista ao canal de TV WTVF, Martha Burton, cuidadora de Lulu, disse que Bill Dorris era solteiro e morreu no ano passado. Sempre que ele viajava, ela ficava com o animal. Empresário de sucesso, o homem de 84 anos deixou um testamento no qual afirma que o dinheiro deve ser colocado em um fundo para os cuidados da cachorra.

Isso permite que Martha, de 88 anos, seja reembolsada por despesas mensais que tenha com ela. "Eu realmente não sei o que pensar sobre isso para dizer a verdade. Ele simplesmente amava o cachorro", disse a mulher.

Ela afirma que não sabe se poderia gastar os US$ 5 milhões com o animal, mas "gostaria de tentar." Mas, por enquanto, não há planos de comprar uma tigela de ouro maciço para cães ou uma coleira incrustada de diamantes. O valor será administrado por uma pessoa que aprovará e reembolsará Martha pelas despesas para cuidar da Border Collie. Não ficou definido o que ocorrerá com o dinheiro se Lulu morrer antes da quantia acabar.

cachorro

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.