ASSINE

Unhas extremas ganham as capixabas; Morenna ressalta a cultura

Ousadas, glamurosas e com muita presença, as unhas extravagantes chegaram para fazer sucesso nas mãos das capixabas.

Vitória
Publicado em 18/06/2021 às 02h00
Além do sucesso entre os artistas capixabas, a cantora também influencia nas unhas
Além do sucesso entre os artistas capixabas, a cantora também influencia nas unhas. Crédito: Divulgação/Instagram (@soumorenna)

Unhas de acrílico, lixa elétrica, purpurina, pedrarias, correntes e muita criatividade compõe as chamadas unhas extremas, uma tendência para lá de ousada que vem arrematando as capixabas. Essas grandes esculturas nas mãos, que carregam muita personalidade, estão ganhando força e disputando lado a lado com a tintura básica semanal.

Uma apaixonada pelas unhas ‘’diferentonas’’ é a manicure Karly Araujo, que atua em solo capixaba. Ela é uma das presentes no time de designers que criou modelos extremamente originais. "A reação das pessoas, normalmente, é fazer aquelas perguntas mais bizarras que pode se imaginar", diz Karly.

Segundo a especialista, costumam questionar a funcionalidade e praticidade da unha com perguntas como: "Você consegue fazer tudo?"; "Quanto tempo essas unhas duram?"; "Você consegue se limpar, tomar banho?".

Apesar das dificuldades iniciais, as amantes das unhas extremas garantem que, com o tempo, elas acabam acostumando e conseguem fazer qualquer atividade do cotidiano. A manicure também reforça que uma grande influência desse modelo extravagante de unha é o empoderamento feminino. "Além de mudar a autoestima, elas se sentem novas mulheres, mais valorizadas", afirma.

De pedraria até borboleta, as unhas em formato extremo abrigam diversas decorações
De pedraria até borboleta, as unhas em formato extremo abrigam diversas decorações. Crédito: Divulgação/Instagram (@karlyaraujo_)

Outra manicure que usa e abusa da originalidade na hora de fazer as unhas é a Thiara Irineu. Ela conta que "fazia muita unha padrão, dessas normais que todo mundo faz". Só que houve uma reviravolta no seu rumo profissional quando a manicure passou a trabalhar com a cantora capixaba Morenna que, segundo ela, "gosta muito de unhas diferentes".

E a Morenna não nega. "As unhas sempre fizeram parte de uma estética pra mim", diz a artista que está fazendo sucesso e já atingiu mais de 100 mil plays no Spotify no seu último hit "Açaí".

A cantora Morenna em foto de divulgação do single
A cantora Morenna em foto de divulgação do single "Açaí". Crédito: Divulgação/WarnerMusic

De acordo com a cantora, a unha é tão importante para ela quanto o cabelo e look. "Sempre que eu penso em uma música que vem com videoclipe, imagem, ou a gente pensa em ensaio de fotos e tudo isso, eu sempre penso na unha".

Mas para ela, essa paixão pelas unhas grandes é uma questão que começou na própria família. "A unha faz muito parte da minha identidade. Eu sempre tive essa referência por ser uma coisa cultural da minha família, da minha tia, da minha avó, até da minha mãe mesmo. Elas sempre fizeram e gostaram de ter unhas bem grandes, decoradas e bastante ousadas".

Morenna

Cantora

"As unhas representam uma parte cultural da história preta. A gente vê dentro dessa estética as infinitas possibilidades de designers de unha e fico feliz que hoje seja uma tendência"

Morenna também salienta sobre a origem das unhas extremas e destaca a sua importância cultural. "As unhas grandes e bem exageradas vieram da cultura negra, dos subúrbios, das favelas e dos guetos. E assim como minha família veio do subúrbio, sempre foi uma coisa muito utilizada", pontua a cantora.

Segundo ela, as unhas, que antigamente eram motivos de piada e associadas negativamente - e erroneamente - à cultura periférica por serem coloridas e grandes, hoje invadiram a moda e se tornaram tendência.

A cantora finaliza ressaltando o impacto dessas unhas no amor próprio. "As unhas me acompanham nesse sentido e, com certeza, está muito alinhado a autoestima. Assim como fazer qualquer procedimento estético, a unha renova muito e dá aquela levantada no visual", afirma.

*Conteúdo feito em parceria com o "Em Movimento" e com informações de Elis Carvalho

A Gazeta integra o

Saiba mais
Beleza capixaba capixaba Moda

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.