ASSINE

As principais tendências de cabelo para o Inverno 2021

Especialistas mostram os cortes que prometem fazer a cabeça das mulheres na próxima estação. Das franjas as mechas iluminadas tem opções para todos os gostos

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 01/06/2021 às 02h01
Rafa Kalimann
As franjas, como as de Rafa Kalimann, está entre as tendências . Crédito: @Rafakalimann

Com vontade de mudar o visual? Com a proximidade do inverno, esse é o momento de ficar por dentro das tendências que vão dominar a estação quando o assunto são os fios.  A cabeleireira Gabi Malini conta que os cortes estão cada vez mais adaptados ao formato e volume natural dos fios. "Devido à busca por praticidade, as mulheres estão deixando de usar secador e chapinha, e assumindo os cabelos naturais. Com isso, precisamos levar em consideração o volume e textura dos fios, para escolher a melhor opção de corte", diz a especialista. 

Ela conta que cada cabelo precisa ser estudado de forma única. "A textura, o formato do rosto e o tom, são detalhes importantes, na hora de definir o corte. A rotina da pessoa também é levada em consideração, assim como a profissão que exerce, e a imagem que quer passar. Tudo isso é analisado na hora de executar o corte". 

A cabeleireira Ana Paula Leite, do Be.Spa Urbano, diz ser importante que o corte combine com a rotina da pessoa e a textura dos fios. "Tem mulheres que lavam o cabelo e deixam secar naturalmente e adoram esse efeito natural, mais ondulado, selvagem. Mas em determinadas profissões, por exemplo, não dá para sair com cabelo molhado ou desarrumado. É importante entender o dia a dia da mulher, a textura e o tipo do cabelo e o corte ideal para ela manter os fios adequados ao seu estilo de vida", diz.

As especialistas separaram quatro tendências de cortes para a próxima estação. Inspire-se. 

SHAGGY HAIR

O corte shaggy que conquistou Juliana Paes e Bruna Marquezine é tendência
O corte shaggy conquistou Juliana Paes e Bruna Marquezine é tendência. Crédito: Reprodução Instagram

Bruna Marquezine, Juliana Paes, Camila Coutinho, Zendaya e Cara Delevingne já aderiram. O sucesso do corte se deve ao fato dele ser bem democrático e ficar bem em quase todos os tipos de cabelo: lisos, ondulados e cacheados. “É inspirado no estilo retrô, sendo desfiado ao longo do comprimento e com uma franja também desfiada, o que dá uma aparência mais despojada e volumosa, podendo ser usado ao natural, ou definido com o auxílio de produtos para cachos e ondas ou ainda finalizado com secador”, explica a cabeleireira Ana Paula Leite.

O Shaggy Hair funciona muito bem para quem está no processo de transição capilar. A especialista diz que o corte é ideal para quem está assumindo as madeixas naturais, pois não é tão radical como o Big Chop, que corta toda a parte alisada do cabelo. “As camadas desfiadas ajudam a tirar de maneira gradual a química antiga”, afirma.

CRESPOS

Taís Araújo
Taís Araújo tem um moderno, com volume e o formato dos cachos. Crédito: @taísaraújo

Os cabelos crespos podem e devem ser repicados. Quanto mais estilizado, mais moderno e com mais movimento ele fica. “O corte reto para cabelos crespos e cacheados não é tão indicado. O ideal é sempre criar movimento para estilizar e trazer mais modernidade para esse visual”, diz Ana Paula Leite. 

Gabi sugere o corte em camadas, pois ajuda na leveza e definição dos cachos. "Manter as pontas aparadas, evitar fontes de calor, como secador e chapinhas. Usar os dedos para ajeitar os fios, ao invés dos pentes convencionais. Além de um visual mais moderno, mantém o volume e o formato dos cachos", diz. 

FRANJAS

Rafa Kalimann
Rafa Kalimann é adepta da franja. Crédito: @rafakalimann

As franjas continuarão em alta no inverno. "Porém, não são para todos os tipos de cabelos e formatos de rosto. Cabelos lisos, com pouco volume, e finos, aderem melhor à franjas, devido ao 'caimento' natural", explica a cabeleireira Gabi Malini.

Ela conta ser preciso analisar diversos fatores - como textura do fio, formato do rosto, volume do cabelo, redemoinhos na parte frontal, comprimento - antes de aderir o corte. "Cabelos com excesso de progressivas também não são indicados, devido à forma estática que a química causa nos fios, deixando a franja sem caimento e movimento", diz Gabi.

E nada de se aventurar e cortar em casa. "Franjas não são práticas. Crescem rápido, não dá para prender, e dependendo da textura do cabelo, precisam ser modeladas no secador", ressalta a profissional.

MECHAS ILUMINADAS

Fatima Bernardes
As mechas iluminadas de Fatima Bernardes. Crédito: @fatimabernardes

As mechas iluminadas também são uma tendência. "Devido à busca pela praticidade e saúde dos fios, elas são uma ótima opção para quem busca mudança e modernidade no visual", diz Gabi Malini.

Além de moderna, a tendência também traz praticidade. "O tempo de manutenção pode chegar até 12 meses, sem precisar retocar. Elas combinam com qualquer pessoa, mantém o fundo natural predominante, deixando um visual mais harmônico, não agride os fios, e podem ser aderidas em qualquer tipo de cabelos".

Fique bem Beleza Famosos

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.