ASSINE

Modelo do ES desfila na semana de moda de Nova York

Raynara Negrine desfilou para Proenza Schouler na abertura do evento. As grifes Carolina Herrera e Michael Kors são os próximos desfiles que ela participa

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 09/09/2021 às 16h54
Raynara Negrine para Proenza Schouler
Raynara Negrine brilhou na noite de abertura do evento, desfilando para Proenza Schouler. Crédito: Divulgação/ JOY Management

A Nova Iorque Fashion Week, temporada de moda que apresenta os desfiles das coleções de Verão 2022, começou nesta quarta-feira (8) e vai até o domingo. Na Big Apple, uma capixaba conquistou o posto de nome do momento e é presença aguardada em importantes passarelas.

Raynara Negrine, da agência Joy Management, brilhou na noite de abertura do evento, desfilando para Proenza Schouler, onde fez duas entradas na apresentação. Retornando ao line-up do evento, a grife estava entre as mais esperadas do dia, por acontecer após hiato iniciado em 2017.

A modelo está escalada para mais apresentações de peso, para grifes como Carolina Herrera, Jason Wu e Michael Kors, entre outras, que acontecerão ao longo dos próximos dias.

A neotop nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, e, aos 18 anos, relembra com orgulho a trajetória de superação que enfrentou, até conquistar o mercado fashion internacional. "Tenho muito orgulho de minhas raízes e de tudo que aprendi com os desafios que passei. Minha mãe sempre encontrou formas de me dar todo suporte para que eu pudesse chegar até aqui, ela é minha maior incentivadora", conta

Raynara Negrine para Proenza Schouler
Raynara Negrine brilhou na noite de abertura do evento, desfilando para Proenza Schouler. Crédito: Divulgação/ JOY Management

Raynara Negrine

Modelo

"Minha mãe lutou muito, trabalhando duro, como diarista, e essa garra sempre será meu maior motivo de orgulho e inspiração"

TRAJETÓRIA

Raynara ficou entre as finalistas do concurso de modelos The Look Of The Year, em 2017. Desde então, coleciona em seu currículo trabalhos de peso: em temporadas anteriores, já desfilou para Chanel, Fendi, Celine, Dior, Valentino, Jean Paul Gaultier, Alaïa e Jacquemus, entre outras, além de ter figurado entre as recordistas de desfiles do São Paulo Fashion Week.

"Nem sempre foi assim. Quando comecei, não sabia muito sobre o mercado. Me interesso desde criança, mas tive que superar muitas coisas, como falsas promessas e situações de má-fé, mas nada disso me abalou. Felizmente, hoje eu tenho suporte de um time que me ajuda a realizar todos estes sonhos. Eu só tenho a agradecer por poder representar o Brasil em trabalhos e desfiles tão importantes", afirma ela, que atualmente mora nos Estados Unidos. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Moda

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.