ASSINE

Cabelos coloridos: saiba como aderir à tendência que conquistou Ana Maria Braga

As chamadas “cores fantasias” são um sucesso e a versatilidade deste tipo de coloração agrada a diversos gostos

Publicado em 10/02/2021 às 13h00
Ana Maria Braga radicaliza visual e surge de cabelo rosa ao vivo
Ana Maria Braga radicaliza visual e surge de cabelo rosa ao vivo. Crédito: TV Globo/Reprodução

A apresentadora Ana Maria Braga está divertindo o público com as escolhas de cores do seu cabelo. Primeiro ela apareceu de cabelos rosa. Não demorou até que a internet começasse a comentar sobre as madeixas da apresentadora. 

Ana disse que está amando o novo visual, e parece que não pretende mudar tão cedo. “Amando meu cabelo da semana. Tão bom se permitir! O cabelo colorido parece que já dá outro astral, traz alegria! Tem vontade? Tem coragem?”, escreveu na legenda de uma foto com os fios na cor lilás.

E a ousadia não parou. Essa semana ela escolheu a cor azul. Para comemorar, ela começou o seu programa ao som de "Firework", da cantora Katy Perry, que também usava cabelo azul. A coloração realizada com uma, duas ou várias cores faz a cabeça de muita gente. 

Cuidados

Mas para ter os fios coloridos é preciso alguns cuidados. A hidratação é essencial na rotina de quem coloriu o cabelo e colabora para que a cor não desbote rapidamente, independente da estação.

Apesar de serem a tendência do momento, os tons queridinhos necessitam de alguns cuidados específicos no verão. A cabeleireira Alana Diniz diz ser preciso abusar do protetor térmico, como o leave-in hidratante com proteção. “Cuidados como proteção solar e utilizar xampus mais suaves evitam o desbotamento dos fios. O ideal é fazer um cronograma capilar para recuperar os danos da descoloração”, diz a profissional.

Alana afirma que os cabelos coloridos são bastante procurados, principalmente por quem tem cabelos lisos e ondulados. Isso ocorre porque cacheadas e crespas têm receio de a coloração alterar a curvatura dos fios. “Qualquer cabelo que seja 100% natural pode realizar o procedimento: do liso ao crespo. No entanto, se a pessoa tiver alguma coloração ou tonalização nos fios, alisamentos ou outra aplicação química, torna mais difícil (em alguns casos, impossível) o clareamento do cabelo e, consequentemente, a revelação da cor”, explica.

Ela explica ainda que antes de receberem as cores vibrantes, os cabelos precisam passar por um processo de descoloração e que nem sempre as pessoas colorem todos os fios. “Primeiramente, o cabelo precisa ser descolorido, porque as cores como azul, rosa, roxo só pegam em cabelos loiros. A descoloração pode ser feita no cabelo todo ou em mechas. Depois dela é que secamos os cabelos e aplicamos a coloração”.

A Gazeta integra o

Saiba mais
ana maria braga Beleza

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.