ASSINE

Cabelo ressecado? Sete dicas para recuperar os fios danificados

É ideal manter uma rotina de cuidados com os fios com um cronograma que intercala três tratamentos diferentes: hidratação, nutrição e reconstrução

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 19/07/2021 às 16h05
Cabelos ressecados
Tomar banho com água muito quente também agrava o ressecamento. Crédito: Manu Reyes/ Freepik

Diariamente diversos fatores interferem na saúde do nosso cabelo. Quem vive no litoral pode ser prejudicado pela exposição ao sol, ao vento, pela água do mar ou da piscina. E ainda tem o secador e a chapinha, acessórios usados por muitas mulheres... O resultado é um cabelo ressecado ou seco. Ou seja, sem brilho, áspero, com fios quebradiços, volume fora de controle, fios difíceis de pentear e sem sedosidade.

"Agentes físicos como secador, chapinha, babyliss; químicos como o uso de modificadores da estrutura capilar, que inclui luzes, alisamentos e tinturas; e até mesmo agentes ambientais como o sol, o vento, o calor, a água do mar ou piscina levam os fios a ficarem assim. Tomar banho com água muito quente também agrava o ressecamento", explica a farmacêutica e tricologista Cristal Bastos.

A tricologista Camila Zanoni conta que outro fator, que leva o cabelo a ficar dessa forma, é a falta da rotina home care. "Como as pessoas que não cuidam dos cabelos em casa. Se vai usar secador ou chapinha, é importante usar um protetor térmico, fazer hidratação uma vez por semana, evitar usar muito quente durante o banho e usar produtos de acordo com as características de cada cabelo".

Ela diz que quando cabelo está muito ressecado ocorre o aumento dos famosos cabelinhos "arrepiados", quebra dos fios pela desidratação, perda de brilho e forma dos fios para os cacheados e ondulados.

CUIDADOS

Cuidado com o cabelo
A hidratação é o primeiro passo para recuperar o cabelo ressecado. Crédito: Divulgação Cristal Bastos

Cristal Bastos conta que um dos principais cuidados é evitar o abuso de fatores que agridem o cabelo, e quando for ficar exposto, investir em produtos e acessórios de proteção, como chapéu, boné, protetor térmico, protetor solar e leave-in, por exemplo. "Outra recomendação é manter uma rotina de cuidados com os fios por meio do cronograma capilar que intercala três tratamentos diferentes: hidratação, nutrição e reconstrução. Dessa forma é possível fornecer os nutrientes e vitaminas que a fibra capilar necessita para ficar saudável, brilhante e macia. Também é importante cuidar de dentro para fora, bebendo muita água e se alimentar bem", diz.

Veja 7 dicas para recuperar o cabelo ressecado

  1. Use o xampu certo: assim como a falta de cuidados com a reparação capilar, o uso inadequado de cosméticos também pode ressecar os fios. Não é qualquer xampu que serve para qualquer tipo de cabelo e, por isso, é importante prestar atenção em qual produto é o mais adequado para a necessidade dos seus fios.
  2. Aposte em um leave-in: aplique um bom protetor térmico para proteger o cabelo dos danos causados pelas altas temperaturas de chapinha, babyliss e secador. 
  3. Hidrate regularmente: a hidratação é o primeiro passo para recuperar o cabelo ressecado e possibilitar outros tratamentos especializados. Em casa, é fundamental usar uma máscara potente. Se possível, procure um tricologista para fazer um diagnóstico completo e iniciar uma terapia capilar. 
  4. Fuja da água quente: o ideal é uma água morna para fria. Temperaturas altas tiram a oleosidade natural dos fios. A água muito quente remove a camada de gordura que protege os fios, deixando-os mais fracos, secos e quebradiços.
  5. Evite o uso de temperatura nos fios: é essencial evitar o uso de secador e chapinha, mas caso não seja possível, passe protetor térmico nos fios antes de usar os aparelhos e, no caso do secador, mantenha uma distância de 15 cm dos cabelos.
  6. Cuidado ao lavar: a lavagem dos cabelos deve ser feita de forma cuidadosa, para evitar que eles se quebrem durante o processo. De preferência, lave durante o dia, pois ao dormir com o couro cabeludo molhado, a umidade favorece o surgimento da caspa e a quebra dos fios.
  7. Invista nos óleos vegetais: eles promovem uma nutrição profunda nos fios. Para isso escolha óleos vegetais como abacate e jojoba. Mas certifique-se da pureza dos óleos.

Fontes: Camila Zanoni e Cristal Bastos

A Gazeta integra o

Saiba mais
Beleza

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.