ASSINE

Ainda dá tempo! Tratamentos que ajudam a reduzir medidas em poucas sessões

Não invasivos ou minimamente invasivos, são várias as técnicas que podem ser realizadas para eliminar gordurinhas, conheça as mais promissoras para decidir qual aderir

Publicado em 08/12/2020 às 05h00
Atualizado em 08/12/2020 às 05h01
Corpo sarado, tonificado
Há vários tratamentos para queimar gordura localizada e reduzir medidas. Crédito: Divulgação/Criar Comunicação Integrada

O verão está chegando e nessa época começam as procuras por tratamentos estéticos que são aliados da boa forma e ajudam a dar aquela forcinha para quem quer perder medidas e gordura localizada. E quem acha que agora só vale correr atrás para o verão do ano que vem está muito enganado. Começando já é possível, sim, conseguir ótimos resultados.

A fisioterapeuta dermato funcional, Luciana Turino disse que alguns tratamentos são considerados queridinhos quando o assunto é combater a gordura localizada e reduzir medidas. “Gosto muito do Lipo soon, que é um ultrassom focalizado de alta potência que utilizamos para reduzir a gordura localizada, reduzindo as medidas. Com esse aparelho conseguimos fazer com que as ondas de ultrassom sejam direcionadas em um único ponto focal, aumentando a temperatura e induzindo a morte das células de gordura através do calor”, disse.

Para garantir um bom resultado devem ser realizadas sessões semanais, sendo indicado de 6 a 8 sessões. De acordo com Luciana já na primeira sessão os resultados são notados.

O tratamento com radiofrequência também faz parte do roll dos queridinhos. “Esse é uma aliado importante nos tratamentos de gordura localizada e celulite. Utilizando esse aparelho nos tratamentos é possível melhor a circulação e oxigenação nos tecidos, acelerando a eliminação de toxinas e de medidas”, disse a fisioterapeuta da Slim Med.

Os resultados podem ser observados nos primeiros dias, logo após a primeira aplicação, com efeito progressivo. A quantidade de sessões pode variar de acordo com a queixa e região que será tratada, mas geralmente envolvem de 5 a 10 sessões.

A dermatologista Julianne Wagmacker explicou que apostar nos lasers para perder gordura é sempre uma excelente opção. “O Coolsculpting é uma tecnologia para redução de gordura localizada. Ele age causando um resfriamento no local aplicado e eliminando as células de gordura. É uma tecnologia desenvolvida por cientistas de Harvard e tem total eficácia e segurança em sua aplicação. A redução da camada de gordura pode chegar até 27% em alguns meses após a aplicação”, disse ela.

Tratamentos minimamente invasivos

Os tratamentos que são minimamente invasivos também estão sendo muito bem aceitos e trazem excelentes resultados. De acordo com o farmacêutico esteta, César de Alencar, a hidrolipocarboxi  também é capaz de eliminar boa parte da gordurinha localizada na primeira aplicação.

Ele pode ser realizado por médicos, biomédicos, fisioterapeutas e farmacêuticos especializados em estética. É um procedimento minimamente invasivo, simples e seguro que reduz medidas e ajuda a acabar com a gordura localizada.

“É realizada a aplicação, no local, de um produto à base de solução salina diretamente na gordura localizada, de maneira subcutânea. Logo após, utilizamos a máquina de ultrassom de alta potência e, em seguida, é aplicado uma técnica específica para o procedimento, a carboxiterapia (gás carbônico aquecido), que gera uma reação química de oxidação da gordura e acelera a sua eliminação. Pode ser realizada no abdômen e flancos e em outras partes do corpo”, disse César.

Ele ainda esclareceu que os produtos usados na hidrolipocarboxi não oferecem riscos à saúde e não sobrecarregam o organismo, e que a gordura oxidada é eliminada na forma de ácidos graxos, água, entre outros originados da reação química do procedimento pelos nossos meios de excreção.  

O dermatologista Eduardo Carnavale de Carvalho aposta nas enzimas para a queima de gordura e definição abdominal. “A aplicação de enzimas é uma forma de concentrar os efeitos de substâncias que irão ajudar na queima de gordura na região onde há o maior acúmulo dela. Por isso a técnica mostra resultados tão eficazes na redução da gordura localizada”, disse.

“Realizamos uma combinação de enzimas que serão responsáveis por acelerar o metabolismo naquela região e, por isso, os resultados são tão bons e visíveis”, disse. A enzima é aplicada na gordurinha, de seus resultados aparecem, em média, após 20 a 30 dias.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.