ASSINE

Projeto usa redes sociais para ensinar práticas de meditação para crianças

Diário da Quarentena: especialista em meditação e sua equipe disponibilizam vídeos gratuitos com exercícios de meditação 'mindfulness', que ajudam a relaxar, acalmar e desenvolver nos jovens e crianças a habilidade de lidar melhor com as emoções

Publicado em 27/03/2020 às 16h59
Atualizado em 27/03/2020 às 18h56
A equipe também disponibiliza dicas para pais e educadores.
A equipe também disponibiliza dicas para pais e educadores. Crédito: Freepik

As autoridades de saúde alertam que a melhor forma de conter a o contágio do novo Coronavírus (Covid-19) é ficar em casa. Porém, este tem sido um dos grandes desafios que mães e pais estão enfrentando: tentar minimizar os efeitos negativos que a reclusão pode causar nas crianças e adolescentes, que antes tinham uma rotina completamente diferente.

Letícia Vianna é mãe de Maria Júlia, de 7 anos e de Jorge Luiz, de 11. Ela está conciliando o home office com o cuidado integral aos filhos e conta que a rotina durante a quarentena tem sido bastante desgastante. Para ela, tem se tornado mais difícil com o passar do tempo, porque as crianças se sentem cada vez mais entediadas. “As crianças querem descer para o playground, querem sair. No começo até criamos algumas brincadeiras, atividades, mas depois de um tempo eles enjoam e a criatividade esgota”.

Letícia Vianna

Administradora e mãe de dois

"Neste período, todos os dias têm sido bastante parecidos, isso gera um estresse"

"Em dias comuns, eles vão à escola, brincam com os colegas do condomínio, têm uma rotina totalmente diferente. Neste período, todos os dias têm sido bastante parecidos, isso gera um estresse", complementa. Pensando nisso, teve gente que resolveu ajudar a gastar o tempo dessa galerinha e a manter os "chakras" dos pequenos alinhados.

Para ajudar nessa tarefa, o projeto MindKids, que trabalha com meditação mindfulness (Atenção Plena) para crianças, jovens, pais e educadores, criou o “Diário da Quarentena” e vem utilizando as redes sociais para propor exercícios de meditação mindfulness, que ajudam a relaxar, acalmar e desenvolver nos jovens e crianças a habilidade de lidar melhor com as emoções e com o que acontece à volta. Basta dedicar alguns minutos do dia para a prática.

A especialista em meditação Daniela Degani e sua equipe são responsáveis por ensinar os exercícios nas redes sociais. Segundo Daniela, mais do que nunca precisamos pensar em estratégias para fortalecer a nossa saúde mental e aumentar o bem estar, isso vale também para as crianças.

"Pode ser que as crianças não expressem desconforto através das palavras, mas elas estão com uma rotina completamente nova, não podem sair de casa e, dependendo da faixa etária, sequer compreendem direito o motivo dessa restrição. Então, esse também pode ser um momento estressante e desafiador para eles e, nesse sentido, a meditação pode ajudar muito, não apenas para passar o tempo, mas para desenvolver a habilidade de resiliência, calma e bem estar que são muito importantes", explica Daniela.

A Gazeta integra o

Saiba mais
bem estar Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.