ASSINE

5 dicas básicas para alcançar o equilíbrio mental, físico e emocional

Segundo especialistas, uma porção de pequenas atitudes pode mudar cenário de desequilíbrio e que é necessário alinhar mente, corpo e alma

Vitória
Publicado em 15/09/2021 às 10h02
Alinhar mente, corpo e alma está entre as dicas para alcançar o equilíbrio físico, mental e emocional
Alinhar mente, corpo e alma está entre as dicas para alcançar o equilíbrio físico, mental e emocional. Crédito: Freepik

Manter o equilíbrio mental, físico e emocional mais de um ano após o início da pandemia, tem sido tarefa difícil para muitos. Além de ser desconfortável estar em desequilíbrio, os aspectos emocionais podem afetar até a nossa percepção em relação à aparência física. Segundo a psicóloga Raphany Coelho Siqueira, de 28 anos, uma porção de pequenas atitudes pode mudar esse cenário.

"A primeira delas, que é uma condição para todas as outras, é ter atenção. Toda mudança depende desse elemento essencial. É necessário colocar atenção na própria vida e perceber quais são os hábitos que estão sendo cultivados. Identifique o que deve ser mantido, o que deve ser desenvolvido e o que deve ser eliminado. Comece se perguntando: o que eu estou fazendo de mais que deveria estar fazendo de menos e o que estou fazendo de menos e deveria fazer mais?", indagou.

E para quem tem a mania de autossabotagem, a dica é certeira: criar um processo de autorresponsabilização. Raphany Coelho explica que é necessário se responsabilizar e ser o próprio agente dessa busca, porque muitas pessoas deixam de se desenvolver por atribuir a outras pessoas a responsabilidade da melhoria de suas vidas.

"Diante de uma frustração ou um problema, é possível se posicionar de forma responsável e buscar modos de resolver e lidar com a situação ou apenas se queixar, culpar o outro e, assim, não resolver e até mesmo aumentar os problemas que se tem. A queixa e a ruminação não andam juntas com a responsabilidade", detalhou a psicóloga.

Autoconhecimento e o autogerenciamento são sinônimos de uma vida equilibrada.
Autoconhecimento e o autogerenciamento são sinônimos de uma vida equilibrada. Crédito: Freepik

Reconhecer o próprio padrão de funcionamento também é uma tarefa para quem quer alcançar o equilíbrio físico, mental e emocional. A especialista detalha que autoconhecimento e o autogerenciamento são sinônimos de uma vida equilibrada. "Não é possível alcançar equilíbrio físico, mental e emocional sem reconhecer seu padrão de funcionamento e desenvolver habilidades para autogestão", completou.

Raphany Coelho Siqueira

Psicóloga

"Observe seus pensamentos, identifique suas emoções e o que as ativa, analise os seus comportamentos e cuide de você como você cuidaria de alguém que está sob sua responsabilidade"
Raphany Coelho Siqueira é psicóloga especialista no tratamento da ansiedade e nos transtornos do humor
Raphany Coelho Siqueira é psicóloga especialista no tratamento da ansiedade e nos transtornos do humor. Crédito: Arquivo pessoal

ALINHAR MENTE, CORPO E ALMA

Especialista em emagrecimento saudável, Edivana Poltronieri aponta que é necessário alinhar mente, corpo e alma para adquirir a sensação completa de estar bem. No entanto, isso pode não parecer tão fácil, principalmente após tantos problemas enfrentados durante o período pandêmico. Para ajudar nessa trajetória, Edivana indica 5 passos para conquistar o equilíbrio físico, mental e emocional.

  1. 01

    Não se compare

    "O boom das redes sociais, em que a maioria dos internautas buscam ostentar o corpo perfeito em seus melhores ângulos, contribui para problemas de autoestima e depressão. Muitos se anularam para tentar ser outra pessoa, considerando a própria vida ou biotipo inferior. Aceitar que somos indivíduos únicos com vidas e características que nos diferem de outros, nos ajuda a dar um passo rumo à saúde mental".

  2. 02

    Aceite e respeite suas fragilidades

    "Ninguém está 100% o tempo todo. É normal sentir a pressão da rotina e passar por momentos de fragilidade. Reconhecer as emoções, expressar os sentimentos e enxergar os lados positivos e negativos dos acontecimentos são passos importantes para enfrentar os desafios da vida e dar a volta por cima".

  3. 03

    Desafie-se a mudar ou adquirir novos hábitos

    "Não precisamos aguardar a virada de ano para refletir no que poderíamos mudar e realmente alcançarmos esse novo objetivo. Nós somos feitos de hábitos e pode ser que um ou outro esteja boicotando o nosso desenvolvimento emocional. Identificá-los para substituir por novos hábitos pode ser assustador e desafiador à primeira vista. Mas, precisamos sair da nossa zona de conforto para viver novas experiências".

  4. 04

    Cultive boas relações

    "Identifique quem são os amigos e parentes tóxicos, que sempre criticam ou despejam energias negativas, para restringir o contato. Em compensação, faça uma análise dos bons relacionamentos, pessoas que incentivam, aconselham de forma razoável e empática e torcem pelo seu sucesso. Essas são as que valem o nosso tempo e energia".

  5. 05

    Não procrastine

    "Não precisamos de um dia específico da semana para mudar o nosso estilo de vida. Podemos olhar para qualquer mau hábito, incluindo a alimentação, e simplesmente ver que ele não nos cabe mais. Se chegarmos a essa conclusão em uma terça, vamos aguardar até a segunda seguinte para mudar a nossa atitude? Então, não procrastinar decisões que mudar o curso da nossa vida é fundamental para o sucesso".

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde Alimentação Saúde Comportamento Saúde mental Psicologia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.