ASSINE

Trump promete liberação de remédios para Covid e volta a criticar China

Em vídeo publicado em sua conta oficial no Twitter, o presidente dos Estados Unidos prometeu assinar uma autorização para uso de emergência dos medicamentos

Publicado em 08/10/2020 às 15h13
Atualizado em 08/10/2020 às 15h13
Donald Trump, presidente dos EUA, foi diagnosticado com Covid-19
Donald Trump, presidente dos EUA, foi diagnosticado com Covid-19. Crédito: EVAN VUCCI/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que tornará medicamentos para Covid-19 disponíveis imediatamente e sem custo. Em um vídeo publicado em sua conta oficial no Twitter, voltado para idosos, ele prometeu assinar uma autorização para uso de emergência. "Quero que vocês recebam o mesmo cuidado que eu recebi", disse Trump, em referência as dias em que ficou internado no hospital Walter Reed após ter contraído o coronavírus.

"Eu fui para o hospital há uma semana e estava muito doente, mas tomei os medicamentos e foi incrível", declarou o republicano. Ele também criticou a China, voltando a acusar o país asiático pela disseminação da Covid-19, e disse que Pequim "pagará um alto preço pelo que fez ao mundo".

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.