ASSINE

Trump acusa FDA de dificultar testes de vacinas contra coronavírus

O presidente dos Estados Unidos também  recuperou uma postagem na qual criticava o fato da FDA revogar a autorização de uso emergencial de hidroxicloroquina

Publicado em 22/08/2020 às 15h14
Atualizado em 22/08/2020 às 15h17
Donald Trump
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump sugere interesses eleitorais nas pesquisas . Crédito: Brazil Photo Press/Folhapress

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou a agência reguladora de medicamentos e alimentos (FDA, na sigla em inglês) de dificultar os estudos de vacinas e remédios contra o novo coronavírus, sugerindo interesse eleitoral.

"O estado profundo, ou quem quer que seja, na FDA está tornando muito difícil para as empresas farmacêuticas conseguirem trazer pessoas para testar as vacinas e tratamentos. Obviamente, eles esperam adiar a resposta para depois de 3 de novembro. Deveriam se concentrar na velocidade e em salvar vidas! @SteveFDA", escreveu Trump em sua conta pessoal no Twitter, citando Stephen Hahn, chefe da FDA. Hahn já declarou publicamente que não tomará decisões com base no noticiário ou comunicados de imprensa.

Em outro ataque, o presidente recuperou uma postagem de 15 de junho na qual criticava o fato da FDA revogar a autorização de uso emergencial de hidroxicloroquina e cloroquina para o tratamento de covid-19 por "evidências crescentes de que as drogas dificilmente seriam eficazes", e afirmou "muitos médicos e estudos discordam disso".

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.