ASSINE

Reino Unido poderá precisar de dois anos para recuperação econômica

De acordo com a ING Economics, a  economia britânica não deverá retornar a níveis anteriores ao da pandemia antes de 2022

Publicado em 13/05/2020 às 11h37
Coronavírus tem provocado baixas na economia ao redor do mundo
Coronavírus tem provocado baixas na economia ao redor do mundo. Crédito: Funtap - stock.adobe.com

É improvável que a economia do Reino Unido se recupere plenamente do impacto do coronavírus antes de 2022, segundo avaliação da ING Economics. No primeiro trimestre, o Produto Interno Bruto (PIB) britânico sofreu queda de 2% ante os três meses anteriores, a maior desde a crise financeira mundial de 2008.

"O segundo trimestre deverá ver um declínio no PIB de mais de 10%, e como a grande maioria das medidas de lockdown deverá continuar em vigor até junho, o risco é que o estrago seja ainda maior", comentou James Smith, economista da ING.

Para Smith, a economia britânica não deverá retornar a níveis anteriores ao da pandemia antes de 2022, uma vez que as medidas de distanciamento social "chegaram para ficar" até o surgimento de uma vacina.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.