ASSINE

Presidente da Rússia anuncia registro da 1ª vacina contra a Covid-19 do mundo

A vacina, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya de Moscou, foi aprovada após menos de dois meses de testes em humanos

Publicado em 11/08/2020 às 06h43
Atualizado em 11/08/2020 às 07h17
Cientista, coronavírus, vacina, covid-19
Estudos sobre a vacina contra a Covid-19 estão em estágio avançado no mundo. Crédito: Pixabay

O presidente Vladimir Putin afirmou, nesta terça-feira (11), que Ministério da Saúde da Rússia deu aprovação regulatória para a primeira vacina contra a Covid-19 do mundo. A vacina, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya de Moscou, foi aprovada após menos de dois meses de testes em humanos.

Segundo Putin, a vacina desenvolvida pela Rússia passou em todos os testes, é eficaz e permite obter uma imunidade estável contra o novo coronavírus.

De acordo com agências de notícias internacionais, Putin afirmou que uma de suas filhas já tomou a vacina. A expectativa do governo da Rússia é iniciar a vacinação em massa no mês de outubro.

Apesar da confiança da Rússia, nesta segunda-feira (10) a Organização Mundial da Saúde (OMS) disse, em comunicado, que várias vacinas estão na fase final de testes, mas que a eficiência delas ainda necessita ser comprovada.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.