ASSINE

Merck diz que seu antiviral experimental funciona contra variantes da Covid

Produto, conhecido como "molnupiravir", é um dos vários antivirais em desenvolvimento para tratar e impedir a doença; empresa pretende apresentar um pedido para uso emergencial antes do fim do ano

Publicado em 29/09/2021 às 17h04
O novo coronavírus causa da Covid-19
O novo coronavírus causa da Covid-19. Crédito: Freepik

A Merck apresentou um estudo em uma conferência médica, no início desta quarta-feira (29), mostrando que seu antiviral experimental contra a covid-19 é ativo contra as variantes do vírus que provocam doença. O produto, conhecido como molnupiravir, é um dos vários antivirais em desenvolvimento para tratar e mesmo impedir a covid-19.

Dados sobre alguns dos medicamentos em teste, entre eles o da Merck e o da Pfizer, devem ser divulgados em breve. Executivos das duas empresas dizem que pretendem apresentar um pedido para uso emergencial antes do fim deste ano.

Os remédios têm um grande potencial, no momento em que o mundo se adapta para uma ameaça endêmica da covid-19. Mesmo se eles forem apenas moderadamente eficazes, deve haver enorme demanda global, com pacientes e governos buscando ao máximo reduzir as vítimas do vírus. O estudo novo apresentado pela Merck mostra que seu medicamento continua a funcionar contra as mutações existentes do vírus

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde Coronavírus Saúde Mundo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.