ASSINE

Covid-19: Índia registra recorde de casos e mortes em 24h

Segundo a Universidade Johns Hopkins, desde o início da pandemia, o país totaliza 21.077.410 contaminações e 230.168 vidas perdidas pela doença

Publicado em 06/05/2021 às 17h12
Coronavírus já foi responsável por mais de 220 mil mortes no Brasil
Coronavírus já foi responsável por mais de 400 mil mortes no Brasil. Crédito: Pixabay

A Índia relatou novos recordes diários de casos e mortes em decorrência da Covid-19 nesta quinta-feira, 6. O Ministério da Saúde do país reportou, nas últimas 24 horas, 412.262 infecções e 3.980 óbitos. Segundo a Universidade Johns Hopkins, desde o início da pandemia, a nação totaliza 21.077.410 contaminações e 230.168 vidas perdidas.

O novo recorde põe em questionamento a previsão feita pelo governo indiano de que o pico da segunda onda havia ocorrido de terça para quarta-feira. No Twitter, Rijo M John, professor do Instituto Indiano de Administração no Estado de Kerala, no sul do país, avaliou que o novo recorde "interrompe temporariamente as especulações de um pico".

A Argentina também reportou máxima de mortes. Foram 633 óbitos de anteontem para ontem. Segundo o levantamento da Johns Hopkins, a nova contagem de dados eleva o total de óbitos a 65.865. O número de casos fatais superou o pico anterior, que foi de 561 em 29 de abril. Já entre as infecções, o país sul-americano reportou 24.079 novos casos nas últimas 24 horas, totalizando 3.071.496 contaminações desde o início da pandemia.

E em meio a um lento plano de imunização, o Ministério da Saúde da Argentina anunciou a chegada de 861 mil doses da vacina AstraZeneca pelo Consórcio Covax Facility, reporta a Associated Press.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Coronavírus Covid-19 Índia Mundo Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.