ASSINE

Nissan Frontier 2023 ganha novas versões, mais tecnologia e mantém preços

Picape 4x4 com motor turbo diesel ganhou novo visual, mais robusto, mais itens voltados à segurança de direção e novas versões topo de linha. Modelo chega às concessionárias no final do mês a partir de R$ 230.197

Tempo de leitura: 9min
Nova Nissan Frontier 2023
Nova Nissan Frontier 2023, que é importada da Argentina, foi lançada no lado argentino do Parque Nacional de Iguaçu. Crédito: Nissan/ Divulgação

PUERTO IGUAZÚ, ARGENTINA - Com design renovado, mais robusta e recheada de tecnologia, principalmente, com itens voltados à segurança na direção. Assim a Nissan apresentou a nova Frontier 2023, que, de fato, traz muitas novidades e cresceu. A começar pela família, que ganhou novas versões, mantendo os preços atuais, a partir de R$ 230.197. Além disso, a picape traz um visual mais imponente, ficando visivelmente maior, da grade frontal à capacidade de carga, passando pelo painel de navegação.

Apresentado durante o primeiro lançamento presencial da marca após a pandemia, realizado até esta quarta-feira (6) no lado argentino do Parque Nacional de Iguaçu, o modelo já pode ser reservado e chega às concessionárias de todo o país no final de abril.

Fabricada em Córdoba, na Argentina, a nova Nissan Frontier agora é encontrada em seis versões 4x4, sendo três inéditas. Além das configurações S, Attack e XE, disponíveis no modelo anterior, há as novas opções SE, Platinum e PRO-4X (veja principais equipamentos e preços ao final do texto).

A primeira traz o mesmo motor turbo a diesel do modelo de entrada S, que entrega 160 cavalos e torque de 41 kgfm, e foi adequado às normas ambientais de redução de poluentes. Mas agrega o câmbio automático de seis marchas e rodas de liga leve.

Já as outras duas são topo de linha para atender a dois públicos: o que busca um visual mais sofisticado e o que tem espírito mais aventureiro e off-road. Essas trazem motor biturbo de 190 cv, que entrega 45,9 kgfm de torque, e câmbio automático de sete marchas. O consumo é de 9,5 km/l na cidade e 10,9 km/l, nas versões de entrada, e de 9,1 km/l na cidade e 11 km/l na estrada, nas topo de linha, segundo o Inmetro.

Nova Nissan Frontier 2023
Nova Nissan Frontier 2023 ganhou nova versão  PRO-4X, com visual mais aventureiro. Crédito: Sebastian Pani/ Nissan/ Divulgação

No console central, próximo da alavanca do câmbio, um seletor permite a escolha do modo de condução entre quatro opções: Standard, indicado para situações normais na cidade e estrada; Sport, que mantém a posição de marcha mais baixa levando a rotações mais altas e garantindo potência do motor e freio motor mais forte; Off Road, que modula o acelerador para manter as rotações altas e ganhar força em baixas velocidades; e Tow, ideal para ser usada com carga máxima ou ao se puxar um reboque, já que fornece freio motor mais forte e mantém a posição de marcha mais baixa.

O recurso se une ao sistema shift-on-the-fly para seleção de tração, que permite a troca entre as opções 4X2, 4X4 High e 4X4 Low. A versão PRO-4X ainda traz o bloqueio do diferencial traseiro, que é ativado por meio de um botão no console central, com a tração 4X4 Low engatada, e permite utilizar o torque na roda que tem mais aderência à superfície, evitando deslizamento excessivo na roda oposta. Já os freios são a disco nas quatro rodas e a picape também vem equipada com sistema de monitoramento da pressão dos pneus.

Nova Nissan Frontier 2023
No console central da nova Nissan Frontier 2023 , próximo da alavanca do câmbio, um seletor permite a escolha do modo de condução entre quatro opções. Crédito: Sebastian Pani/ Nissan/ Divulgação

DESIGN MAIS ROBUSTO

No visual, os quatros canhões de LED nos faróis dianteiros se destacam pelo design, mas vão além. Eles proporcionam 30% mais brilho no farol alto, sendo 20% a mais no baixo.

A frente também ficou mais alta e mais larga, o que reflete na grade central.

O brand manager da Nissan América do Sul, Marcus Pires, destacou, durante a coletiva de lançamento, que o carro ganhou reforços estruturais no chassi e ficou com uma “postura” maior. Segundo ele, o modelo também traz os melhores ângulos de entrada e saída da categoria. A Nova Nissan Frontier tem 31,6º de ângulo de ataque, 25,7º de saída e 25,2 cm de distância livre do solo.

Caçamba da Nova Nissan Frontier 2023 ganhou maior capacidade de carga e um degrau para facilitar carregamento. Crédito: Nissan/Divulgação
Caçamba da Nova Nissan Frontier 2023 ganhou maior capacidade de carga e um degrau para facilitar carregamento. Crédito: Nissan/Divulgação

A caçamba também tem uma altura maior em relação a sua antecessora – 25 mm, perto da cabine, e até 50 mm nas laterais, perto da tampa – tendo capacidade para receber até 1.054 litros de carga, 10,5% a mais que a anterior. O para-choque traseiro tem um degrau que facilita o acesso e o uso da caçamba. Além disso, a tampa do compartimento recebeu dois amortecedores que reduziram o peso na hora de sua abertura, permitindo que se possa manipulá-la com apenas uma mão.

O modelo traz ainda novo volante, tela do painel ampliada de 5 polegadas para 7 polegadas, quatro entradas USB, novas cores – com destaque para a Cinza Shark que parece feita sob medida para a versão PRO-4X, e contrasta com os detalhes em vermelho –, e nada menos que 27 porta-objetos. O ar-condicionado é dual zone, com saídas também no banco traseiro.

MAIS TECNOLOGIA E SEGURANÇA

A nova Frontier 2023 traz vários equipamentos de segurança. Entre eles está o conjunto que forma o Nissan Intelligent Safety Shield, voltadas à direção segura, ajudando a proteger o motorista e os passageiros de riscos potenciais.

Interior da Nissan Frontier 2023 Platinum
Interior da Nissan Frontier 2023 Platinum . Crédito: Nissan/ Divulgação

Entre esses sistemas está o alerta de colisão frontal, que monitora dois veículos à frente para reduzir o risco de acidentes com vários carros em um eventual engavetamento, por exemplo. Ele atua em conjunto com o assistente de frenagem, que freia o veículo caso o motorista não atue.

Já o alerta de mudança de faixa emite luz e som caso o veículo se aproxime da faixa de sinalização da pista, caso a seta não esteja acionada. Ao mesmo tempo, o assistente de prevenção de mudança de faixa age automaticamente para trazer o veículo de volta ao centro da pista, atuando no sistema de freios das rodas opostas. Com isso, previne a troca involuntárias de pistas e possíveis acidentes.

Versão topo de linha tem teto solar
Versão topo de linha PRO-4X tem teto solar. Crédito: SEBASTIAN PANI/ Nissan/ Divulgação

Outra tecnologia que estreia na picape é o alerta de atenção do motorista, que avisa o condutor para fazer pausas e fornece avisos sonoros quando são detectados possíveis sinais de fadiga, como mudanças no estilo de direção ou no comportamento da direção.

O já conhecido alerta de ponto cego é complementado por um assistente que aciona o sistema de freios, também nas rodas opostas de onde estaria o outro carro, corrigindo a rota para evitar acidentes.

Nova Nissan Frontier 2023
Nova Nissan Frontier 2023 tem tela de 7 polegadas no painel, onde assistentes ajudam motorista a dirigir com mais segurança. Crédito: Sebastian Pani/ Nissan/ Divulgação

A Nova Nissan Frontier oferece ainda visão 360º integrada com o sistema de detecção de objetos em movimento. Isso é possível com quatro câmeras instaladas embaixo dos dois retrovisores, na tampa traseira e na grade dianteira, ajudando os motoristas a perceber pessoas, objetos e carros ao redor e se aproximando do veículo. O sistema também conta com o monitor off-road, que é projetado para permitir visibilidade total dos obstáculos no entorno, em baixas velocidades, quando a tração nas quatro rodas está acionada.

Já o alerta de tráfego cruzado traseiro dá visibilidade ao sair de uma vaga de estacionamento. A função monitora a traseira do veículo e avisa o motorista se outro veículo ou objeto estiver se aproximando de um dos lados, emitindo alertas sonoro e visual.

Para a condução noturna, a Frontier é equipada com o assistente de altura e intensidade dos faróis, que entra em funcionamento quando o motorista estiver dirigindo à noite, em velocidades acima de 30 km/h. A câmera do para-brisa monitora a incidência de luz no sentido contrário e, ao identificar um outro veículo se aproximando, irá momentaneamente desligar o farol alto, religando imediatamente após cruzar pelo veículo.

Desde a versão de entrada, a Nova Nissan Frontier também é equipada com sistema de auxílio de partida em rampa; controle automático de descida; bloqueio mecânico do diferencial traseiro com limitador; e controle eletrônico de frenagem, além de seis airbags, sistema I-Isofix para fixação de cadeirinha de crianças e alerta de uso dos cintos dianteiros e traseiros.

Nova Nissan Frontier 2023 passou no teste da lama. Crédito: Sebastian Pani/ Nissan/ Divulgação
Nova Nissan Frontier 2023 passou no teste da lama. Crédito: Sebastian Pani/ Nissan/ Divulgação

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Foram disponibilizadas para teste-drive as versões topo de linha, que têm teto solar. No trecho de cerca de 40 km, que começou no asfalto mas teve o maior trajeto em estrada de chão com muita lama e obstáculos, a PRO-4X saiu em vantagem. O desempenho positivo foi graças aos pneus de uso misto e ao bloqueio do diferencial traseiro, que permite utilizar o torque na roda que tem mais aderência à superfície e evitando deslizamento excessivo na roda oposta.

Mas a Platinum, graças ao sistema de tração 4x4 com marcha reduzida, também encarou o desafio com estabilidade, mesmo em declives e trechos com solo encharcado e escorregadio. O controlador de velocidade em descidas realmente fez diferença, principalmente em uma parte do percurso com água.

Nova Nissan Frontier 2023
Nova Nissan Frontier 2023 não decepcionou durante teste off-road. Crédito: Sebastian Pani/ Nissan/ Divulgação

A performance do motor, que se mantém o mesmo, também mostra potência em qualquer terreno. Já o interior da cabine proporciona conforto, com boa pegada no volante, bancos ergonômicos e espaço de sobra, inclusive nos 27 porta-objetos. Vale ressaltar que a porta da caçamba, realmente, é facilmente aberta e fechada sem esforço.

No quesito tecnologia, é bem equipada, mas, pelo preço, fazem falta “detalhes” como carregador de celular por indução e o GPS embarcado na tela multimídia – embora conecte celulares por bluetooth, com Android Auto e Apple Car Play –, já que o off-road pressupõe longos trechos sem rede de internet – caso do teste que aconteceu em uma área do Parque Nacional de Iguaçu, cercado de verde.

EXPECTATIVA DE VENDAS

Essas são algumas das inovações em que a montadora aposta para avançar nesse mercado e galgar posições no ranking das picapes médias, já que o modelo ficou em penúltimo lugar em vendas em 2021, com 11.816 unidades emplacadas, perdendo apenas para a Volkswagen Amarok, que vendeu 7.894 unidades, segundo dados da Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

A japonesa ficou atrás da Mitsubishi L200 (13.157), da Ford Ranger (20.499), da Chevrolet S10 (35.045) e da Toyota Hilux (45.893). Além da exportação para o Brasil, a nova Frontier este ano começará a ser exportada para Chile e Colômbia, o que, somado às novas versões, deve ampliar esse mercado.

Nova Nissan Frontier 2023: canhões de LED se destacam nos faróis. Crédito: Sebastian Pani/ Nissan/ Divulgação
Nova Nissan Frontier 2023: canhões de LED se destacam nos faróis. Crédito: Sebastian Pani/ Nissan/ Divulgação

VERSÕES E PREÇOS

A Nova Nissan Frontier chega às concessionárias da marca japonesa em todo o Brasil a partir da última semana de abril, com preços semelhantes aos das versões do modelo anterior:

Frontier S 4x4 MT – R$ 230.190

Principais equipamentos: 6 airbags, controle de velocidade de cruzeiro, rodas de 17 polegadas de aço e rádio

Frontier SE 4x4 AT – R$ 258.990

Principais equipamentos: itens da versão anterior, mais câmbio automático de 6 marchas e rodas de liga leve.

Frontier Attack 4X4 AT – R$ 263.690

Principais equipamentos: itens da versão anterior, mais seletor de modos de condução, quadro de instrumentos parcialmente digital, central multimídia de 8 polegadas, estribos e barra de teto.

Frontier XE 4x4 AT – R$ 278.990

Principais equipamentos: itens da versão anterior, mais sensor de chuva, acesso por chave presencial, partida por botão, bancos de couro e rodas de 18 polegadas.

Frontier Platinum 4x4 AT – R$ 314.590

Principais equipamentos: itens da versão anterior, mais teto solar, monitoramento de pressão dos pneus, retrovisor interno eletrocrômico, alertas de colisão frontal, tráfego cruzado, ponto cego e mudança de faixa, faróis com facho alto automático e frenagem automática de emergência.

Frontier PRO-4X 4x4 AT – R$ 314.590

Principais equipamentos: itens da versão anterior, mais bloqueio de diferencial e pneus de uso misto. Rodas são de 17 polegadas.

Nova Nissan Frontier 2023
Versão PRO-4X tem acabamento premium e costura em vermelho nos bancos . Crédito: Sebastian Pani/ Nissan/ Divulgação

HISTÓRIA: NISSAN FRONTIER AO LONGO DOS ANOS

  • A japonesa Nissan Frontier chegou ao mercado brasileiro em 1993 e, desde então, vem passando por transformações marcantes.
  • As primeiras chegaram ao país por importação independente, já que a Nissan do Brasil foi oficialmente criada em 2000. Assim, a então representante oficial da Nissan no país passou a trazer a D21, antecessora do primeiro modelo a ostentar o nome Frontier. A picape vinha nas versões cabine simples, dupla e estendida, batizada de King-Cab, com tração 4x2 ou 4x4.
  • O nome Frontier estreou no Brasil em 1998, com o modelo importado nas versões AX e DX cabine dupla, dotado de motor diesel de quatro cilindros aspirado. 
  • Em 2002, apenas dois anos após a criação da Nissan do Brasil, subsidiária da empresa japonesa, a picape foi o primeiro veículo oficialmente produzido pela marca no país, na fábrica de veículos comerciais da Aliança em São José dos Pinhais, no Paraná. As primeiras unidades chegaram aos concessionários Nissan no primeiro trimestre desse ano, em duas versões de acabamento: XE e SE.
  • Em outubro de 2008, a Nissan iniciou no país as vendas da linha Frontier da 11ª geração, que mudou a picape completamente. Entre as muitas novidades de design, tecnologia, segurança e equipamentos estava o acréscimo de mais uma opção de acabamento: LE, XE e SE. O motor era o 2.5 16V turbo diesel e as opções de câmbio manual de seis velocidades e a automática de cinco.
  • A 12º geração do utilitário, importada do México, foi lançada em 2017 no Brasil com visual modernizado, mais equipamentos de conforto, segurança e tecnologias.
  • Dois anos depois, o modelo apresentou uma nova evolução com o início de produção na Argentina. Feita em uma linha de produção totalmente nova, a picape recebeu melhorias tecnológicas. 
  • Em 2021, foi o modelo que registrou o maior aumento de vendas, 40%, no segmento de picapes médias no Brasil.

Evolução da Nissan Frontier ao longo dos anos

Modelo de 1997. O nome Frontier estreou no Brasil em 1998, com o modelo importado nas versões AX e DX cabine dupla, dotado de motor diesel de quatro cilindros aspirado.
Modelo de 1997. Modelo de 1997. O nome Frontier estreou no Brasil em 1998, com o modelo importado nas versões AX e DX cabine dupla, dotado de motor diesel de quatro cilindros aspirado. . Nissan/ Divulgação
Em 2002,  a picape foi o primeiro veículo oficialmente produzido pela Nissan no país, na fábrica de veículos comerciais da Aliança em São José dos Pinhais, no Paraná
Em 2002, a picape foi o primeiro veículo oficialmente produzido pela Nissan no país, na fábrica de veículos comerciais da Aliança em São José dos Pinhais, no Paraná. Nissan/ Divulgação
Em outubro de 2008, a Nissan iniciou no país as vendas da linha Frontier da 11ª geração
Em outubro de 2008, a Nissan iniciou no país as vendas da linha Frontier da 11ª geração. Nissan/ Divulgação
A 12º geração do utilitário, importada do México, foi lançada em 2017 no Brasil com visual modernizado, mais equipamentos de conforto, segurança e tecnologias.
A 12º geração do utilitário, importada do México, foi lançada em 2017 no Brasil com visual modernizado, mais equipamentos de conforto, segurança e tecnologias. Nissan/Divulgação
Em 2019, o modelo apresentou uma nova evolução com o início de produção na Argentina, e recebeu melhorias tecnológicas.
Em 2019, o modelo apresentou uma nova evolução com o início de produção na Argentina, e recebeu melhorias tecnológicas. Pedro Danthas/ Nissan/ Divulgação
Em 2019, o modelo apresentou uma nova evolução com o início de produção na Argentina, e recebeu melhorias tecnológicas.
Em 2019, o modelo apresentou uma nova evolução com o início de produção na Argentina, e recebeu melhorias tecnológicas.
Em 2019, o modelo apresentou uma nova evolução com o início de produção na Argentina, e recebeu melhorias tecnológicas.
Em 2019, o modelo apresentou uma nova evolução com o início de produção na Argentina, e recebeu melhorias tecnológicas.
Em 2019, o modelo apresentou uma nova evolução com o início de produção na Argentina, e recebeu melhorias tecnológicas.

A jornalista viajou a convite da Nissan.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
veículos Nissan Mercado Automotivo Picape Nissan Frontier

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.