ASSINE

Capixabas disputam Mundial de Canoa Havaiana na Inglaterra

Carlo Castiglioni, Cauã Gravata, Luiz Antônio Simões, Alexandre Rodrigues, Emanuel Alves e João Paulo Castiglioni Helal irão representar o ES na competição que acontece em Londres, no lago de uma das residências da Rainha Elizabeth II

Tempo de leitura: 2min
Vitória
Publicado em 04/08/2022 às 16h13
Equipe Va'a Life viaja para a Inglaterra, onde disputará o mundial de canoa havaiana
Equipe Va'a Life viaja para a Inglaterra, onde disputará o mundial de canoa havaiana. Crédito: Sheila Alves

A equipe capixaba Va'a Life de Canoa Havaiana vai disputar o Campeonato Mundial de Va'a, que acontecerá entre os dias 7 e 16 de Agosto. A disputa será realizada em Londres, na Inglaterra. A curiosidade fica por conta do local em que a competição ocorrerá: será no lago Dorney, localizado no Castelo de Windsor, uma das residências da Rainha Elizabeth II.

A equipe é composta por Carlo Castiglioni, Cauã Gravata, Luiz Antônio Simões, Alexandre Rodrigues, Emanuel Alves e João Paulo Castiglioni Helal. Os canoístas capixabas vão competir pela categoria Open em provas de Sprint, com V6 (6 atletas) 500m, V6 1500m e Catamarã V12 500m. A preparação está sendo feita em Vila Velha, saindo na Curva da Sereia em direção a vários pontos da orla da cidade.

O capitão da equipe é Carlo Castiglioni. É o atleta mais experiente do grupo, desde 2016 participando de competições internacionais e coleciona diversos títulos nacionais. “Estou muito feliz por disputar o meu 3° mundial pela seleção brasileira na categoria Open. Nós vamos em busca de um título inédito para o Brasil”, prometeu Castiglioni. Em 2016 ele até recebeu uma oferta para disputar um campeonato pela seleção da Itália, por ter dupla cidadania, mas preferiu representar o país de origem, Brasil.

Castiglione é um dos precursores da prática desse esporte no Espírito Santo. Participa de competições regionais na orla capixaba, seja como competidor, ou como organizador, incentivando as pessoas a praticarem a canoa havainana.

Para viabilizar a participação na competição internacional, os atletas capixabas chegaram a promover rifas, venda de remos, além de buscar cotas de patrocínio para custear as passagens e estadia em Londres, na Inglaterra, local das provas.

OUTROS CAPIXABAS NA DISPUTA

O Espírito Santo será representado em peso na competição. Ao todo, serão 21 atletas espalhados por diversos times com competidores de outros estados. O presidente da Federação de Canoa Havaiana, Jefferson Cabral, falou um pouco sobre a preparação dos atletas para disputar as modalidades do Mundial e sobre a expectativa para a competição.

"Nossa expectativa é muito positiva. A delegação do Brasil é uma das maiores do campeonato, com 170 atletas de vários estados do país. Nossa preparação para a competição teve que ser especial, devido o formato do campeonato que conta com disputas sprint, com menor duração. Essa categoria é diferente do que geralmente se pratica aqui, mas estamos preparados para competir bem e conseguir bons resultados”, declarou.

Relação dos 21 atletas capixabas que irão representar o Brasil no Mundial de Canoa Havaiana
Relação dos 21 atletas capixabas que irão representar o Brasil no Mundial de Canoa Havaiana. Crédito: Divulgação

A Gazeta integra o

Saiba mais
Londres Inglaterra

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.