ASSINE

Bia Haddad vence mais uma na grama e avança às quartas em Eastbourne

Tenista brasileira domina a partida com parciais de 6/1 e 6/2 sobre a rival britânica Jodie Burrage, que havia eliminado a espanhola Paula Badosa, número 4 do mundo, na fase anterior

Tempo de leitura: 3min
Publicado em 22/06/2022 às 14h25
Bia vive momento de ascensão na carreira, atingindo 12 vitórias consecutivas
Bia vive momento de ascensão na carreira, atingindo 12 vitórias consecutivas jogando na grama. Crédito: Adriano Vizoni/Folhapress

Em um momento mágico no circuito de tênis feminino, Beatriz Haddad Maia somou a 12º vitória consecutiva na grama, nesta quarta-feira, e avançou às quartas de final do WTA 500 de Eastborune, na Inglaterra. A classificação e ampliação da invencibilidade vieram com uma vitória dominante sobre a britânica Jodie Burrage, com parciais de 6/1 e 6/2, em partida das oitavas de final do torneio.

"Esta é uma das melhores quadras que eu já joguei. Um dia de sol, um público ótimo. Sinto muito, sei que ela é daqui, mas espero que possam torcer para mim no próximo jogo", disse a tenista paulista ainda em quadra, ao fim da partida.

Burrage é apenas a 169ª colocada do ranking mundial, mas foi a responsável por eliminar a espanhola Paula Badosa, número 4 do mundo, na fase anterior. A expectativa por um duelo entre Bia e Badosa era grande, até pela fase vivida pela brasileira, primeira tenista a passar de 11 vitórias seguidas na grama desde Serena Williams, dona de uma série invicta de 20 jogos entre 2015 e 2018.

Campeã dos WTAs 250 de Nottingham e Birmingham, Bia atingiu a 29ª posição do ranking nesta semana. Sonhando com um novo título, agora de nível 500, tem pela frente um confronto com a ucraniana Lesia Tsurenko, número 114 do mundo, que eliminou a polonesa Magda Linette, 66ª do ranking.

Muito confiante em meio ao excelente momento da carreira, Bia fez um primeiro set dominante. Após vencer o primeiro game e deixar a britânica empatar ao fim do segundo, construiu uma atuação muito sólida, apesar de alguns erros, jogando com agressividade. Graças a batidas fortes e devoluções baixas que infernizavam Burrage, fechou a primeira parcial com expressiva vitória por 6 a 1.

No set seguinte, a história não foi tão diferente. Burrage tentou dificultar as coisas para a tenista paulista e iniciou uma reação quando perdia por 3 a 1, vencendo o game seguinte e criando esperanças ao colocar 3 a 2 no placar do set. Na sequência, a britânica abriu o game com um belo winner, mas Bia empatou após dupla falta e colocou duas nas paralelas para confirmar o serviço.

A partir daí, a brasileira seguiu brilhando. Sempre que Burrage parecia renovar as esperanças, ela tirava lindas jogadas da cartola, como um winner de backhand para virar o penúltimo game quebrando o saque da adversária, antes de confirmar o serviço sem maiores dificuldades e garantir a vitória.

MAIS BRASILEIROS

Também em Eastbourne, no ATP 250, Thiago Monteiro jogou sua segunda partida na chave principal após passar das qualificatórias e acabou derrotado por 7/5 e 6/3 para Taylor Fritz. Nas Qualis de Wimbledon, o dia também não foi bom para o Brasil. Matheus Pucinelli perdeu por 2 sets a 0 para o húngaro Zsombor Piros, mesmo resultado da derrota de João Menezes para o italiano Andrea Vavassori.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Tênis

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.