ASSINE

Saiba como escolher a torneira certa para cada tipo de cuba

Para não desperdiçar água e ter a melhor ergonomia, é preciso combinar a torneira e a cuba no projeto, tanto no banheiro quanto na cozinha

Tempo de leitura: 4min
Rede Gazeta
Publicado em 12/01/2022 às 15h49
Torneira ideal
Além de escolher em conjunto, é preciso avaliar a altura e espaçamento ideal entre a torneira e a cuba. Crédito: Fani Metais/Divulgação

Na hora de construir ou reformar, todo detalhe importa. Quando o assunto é cozinha e banheiro, vale ficar atento até ao tipo de torneira utilizada. Errar na cuba, por exemplo, pode resultar em uma instalação incorreta e, assim, espirrar água para todo lado. O ideal é que elas sejam escolhidas em conjunto. Por isso, na hora de montar o projeto é preciso conhecer além da bancada, as características desses materiais para evitar dor de cabeça no futuro.

Esse foi o caso do aposentado, e agora gastrônomo, Marcelo Márcio da Matta, de 63 anos. Sempre à frente da cozinha, ele conta que quando decidiu reformar o espaço solicitou à arquiteta uma bancada com duas cubas e um tipo de torneira que facilitasse a limpeza do local, já que cozinha todos os dias.

“Pedi para que tivesse duas cubas porque em uma eu uso mais copos e xícaras, que geralmente não acumulam gordura, e na outra lavo pratos e panelas que sujam mais. A torneira é grande, flexível e conta com um esguicho que facilita o trabalho pela pressão de água e me ajuda a economizar”, relata.

De acordo com o gastrônomo, a paixão pela cozinha sempre existiu, mas ele só decidiu cursar e se profissionalizar na área depois de se aposentar. Por isso, decidiu investir no espaço e instalou a torneira na bancada, porque acredita que facilita mais no dia a dia.

Torneira ideal
Marcelo Márcio da Matta escolheu uma torneira que facilitasse o seu trabalho diário na cozinha. Crédito: Fani Metais/Divulgação

A arquiteta e também conselheira do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Espírito Santo (CAU-ES) Maria Alice Marins Rampinelli foi a responsável pelo projeto. Segundo ela, o primeiro passo é definir a bancada e a cuba, porque elas vão determinar qual o tipo de torneira. As mais tradicionais são as embutidas, que espirram menos água por serem mais baixas. Ao contrário das de apoio, que precisam de torneiras de bico mais alto e, por isso, espirram mais água.

“Hoje, as torneiras estão muito mais modernas e tecnológicas. Mas muitos clientes não estão mais procurando peças por estética, e sim pela praticidade. Na pandemia, as pessoas perceberam que era preciso mudar algumas coisas em casa por passarem mais tempo nos ambientes domésticos e, assim, começaram a investir também nesses materiais”, pontua a arquiteta.

UMA QUESTÃO DE ALTURA 

A distância ideal vai depender da profundidade da bancada. Nas mais rasas o afastamento da torneira para a cuba pode ser de 3 a 5 cm, quando instaladas no banheiro. Já na cozinha, o espaço de distanciamento da bica precisa comportar uma panela, por exemplo, então esse valor muda. Uma dica para evitar que espirre muita água é utilizar um arejador.

Entretanto, quando falamos de altura, para Melissa Rossini, gerente de marketing da Fani Metais, essa medida pode ser ainda maior. Caso a cuba seja de embutir ou semiencaixe, para evitar respingos a distância mínima deve ser de 15 cm de onde sai a água até a válvula de escoamento. Mas se for para a cozinha, o espaço muda para 30 cm.

Torneira ideal
Torneira de bico alto são mais recomendadas para cozinhas. Crédito: Fani Metais/Divulgação

“É sempre muito importante conhecer o sistema hidráulico para saber se iremos utilizar uma torneira de parede ou de mesa (aquelas que se instalam em cima da pia). A base de altura da bancada vai depender muito de quem usa o ambiente. A média é um intervalo entre 90 cm e 94 cm, mas para os mais altos pode chegar até 1,10m”, indica.

QUAIS OS MODELOS DE CUBA MAIS UTILIZADOS? 

Ainda de acordo com Melissa, para banheiro, as cubas esculpidas em mármore e em granito são fortes tendências atuais, mas as mais convencionais continuam sendo as de louça. Nas cozinhas, as cubas de inox têm bastante saída.

O material, entretanto, não influencia muito no tipo de torneira. “O que dá para combinar é o metal com os acessórios de banheiro. Isso vai depender do gosto pessoal de cada um”, afirma.

Torneira ideal
Para cubas de apoio ou de sobrepor, o ideal são torneiras de bica alta para garantir uma distância confortável. Crédito: Fani Metais/Divulgação

COMO ESCOLHER A TORNEIRA CERTA?

Segundo o gerente industrial da Fani Metais, Sérgio Fagundes, nesses casos o ideal é escolher um modelo de torneira que garanta uma distância confortável em relação às bordas. Por isso, ele recomenda um misturador de bica alta, que são modelos mais elevados. “Caso esses dois modelos de cuba tenham mesa, você pode então escolher um modelo mais baixo para banheiros e lavabos.”

Já nas cubas embutidas ou semiencaixadas, as torneiras e misturadores mais indicados são o de bica baixa. Segundo Sérgio, nada impede que sejam utilizados modelos mais altos como nas cozinhas. Entretanto, uma altura acima do recomendado tende a fazer com que mais água seja espirrada.

Além disso, para banheiros de metragem reduzida, as cubas de semiencaixe ajuda a economizar espaço na bancada. No caso de mesas, é possível ainda aplicar modelos de bica baixa como a de embutir.

Torneira ideal
No caso de uma cuba de semiencaixe com mesa, você pode aplicar um modelo bica baixa como a de embutir. Crédito: Fani Metais/Divulgação

“Uma alternativa para economizar ainda mais espaço na bancada em qualquer ambiente é escolher torneiras e misturadores de parede, desde que já exista uma tubulação específica para esse uso”, finaliza Fagundes.

A Gazeta integra o

Saiba mais
decoracao

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.