ASSINE

Mais de 1,5 mil unidades à venda no Salão do Imóvel 2020

Para evitar a propagação da Covid-19, a edição deste ano vai ser realizada de forma totalmente virtual, entre os dias 10 e 30 de novembro

Publicado em 04/11/2020 às 16h00
Atualizado em 05/11/2020 às 13h34
Registro do Salão do Imóvel em outra edição, antes da pandemia da Covid-19
Salão do Imóvel: oportunidade para comprar unidadess no ES. Registro do evento em outra edição, antes da pandemia da Covid-19. Crédito: Ademi-ES/Divulgação

O Salão do Imóvel, maior evento do mercado imobiliário capixaba, vai disponibilizar mais de 1,5 mil unidades à venda pela internet. Em sua 27º edição, a iniciativa, promovida pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-ES), ganhou um formato totalmente virtual, devido à pandemia da Covid-19. Entre as oportunidades estão apartamentos, casas, lotes e salas comerciais, com opções para todos os gostos e perfis de renda. O evento vai ser realizado entre os dias 10 a 30 de novembro.

Os imóveis residenciais terão preços a partir de R$ 140.500,00, sendo esse valor inicial referente a um apartamento de dois quartos, localizado na Serra. Já os loteamentos para construção de casas contarão com valores partindo de R$ 77.174,00, valor referente a um empreendimento também na Serra, com lotes de 200 m² de área.

“São cerca de 1,5 mil unidades à disposição no Salão de Imóveis. O estoque do mercado hoje está entre 2,4 mil e 2,5 mil, entre lançamentos e prontos para morar. Então temos uma grande oferta no evento”, comemora o presidente da Ademi-ES, Sandro Carlesso.

O Salão do Imóvel vai concentrar uma fatia importante de novos lançamentos da Grande Vitória, além de empreendimentos em construção, prontos para morar e seminovos, contemplando imóveis inseridos no programa Minha Casa Minha Vida, perfis econômico, médio e alto padrão. Os visitantes encontrarão opções em Vitória, Serra, Cariacica, Vila Velha e Guarapari, além do interior do Estado: Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e Linhares. Carlesso acrescenta ainda que há a possibilidade encontrar imóveis até mesmo fora do ES.

O acesso aos produtos será realizado exclusivamente pelo site www.salaodoimovel.com.br, onde as empresas apresentarão suas ofertas. Os visitantes poderão navegar e pesquisar por tipologia, localização, entre outros critérios. A estrutura também contará com corretores de imóveis do outro lado da tela para complementar o atendimento e iniciar a tratativa de vendas. A plataforma é compatível para visualização dos imóveis via smartphones, tablets e desktops.

Segundo a Ademi-ES, no total, 26 empresas serão expositoras, entre construtoras, imobiliárias, incorporadoras e loteadoras.

Momento oportuno

De acordo com Carlesso, o momento é bastante oportuno para fechar negócio. Apesar da pandemia da Covid-19, o mercado oferece condições de crédito e financiamento habitacional a juros bem menores, influenciado pela redução da taxa Selic, que está em 2% ao ano.

“O volume de estoque está bastante reduzido, principalmente em Vitória e Vila Velha. A tendência é que os novos produtos sofram uma atualização natural dos preços”, explica.

Sandro complementa que essa alta está relacionada ao custo, mas também à recuperação do setor imobiliário, que já iniciou um novo ciclo de expansão e investimentos, com lançamentos residenciais e comerciais em diferentes regiões.

27º Salão do Imóvel Ademi-ES

  • Quando: de 10 a 30 de novembro
  • Onde: on-line, no site www.salaodoimovel.com.br
  • Acesso: via smartphones, tablets e desktops

A Gazeta integra o

Saiba mais
imóveis Mercado imobiliário

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.