ASSINE

Com golaço, capixaba se torna o mais jovem a marcar pelo Galo na Libertadores

Savinho, de apenas 18 anos, fez o terceiro gol do Atlético-MG na vitória por 3 a 1 sobre o Independiente del Valle, do Equador, nesta quinta (19)

Tempo de leitura: 2min
Vitória
Publicado em 20/05/2022 às 09h05
Savinho comemora gol marcado pelo Galo contra o Del Valle nesta quinta (19)
Savinho comemora gol marcado pelo Galo contra o Del Valle nesta quinta (19). Crédito: Pedro Souza / Atletico

O capixaba Savinho fez um golaço na vitória do Atlético-MG sobre o Independiente del Valle, do Equador, por 3 a 1, e se tornou o atleta mais jovem da história do Galo a marcar na Libertadores. Com a conquista dos três pontos na noite desta quinta-feira (19) no Mineirão, o time mineiro carimbou a vaga nas oitavas de final da competição.

O Atlético construiu o placar com dois gols de Hulk, que também está próximo de uma marca histórica. O artilheiro chegou aos dez tentos na Libertadores e está a apenas um de igualar Jô, maior artilheiro com a camisa do Galo na competição, que fez 11 gols em duas edições (2013 e 2014).

O Del Valle diminuiu com Vargas e esboçou uma reação, mas aí brilhou a estrela do capixaba. Savinho entrou na partida aos 35 minutos do segundo tempo, no lugar de Ademir e, aos 50, cravou o nome na história do time. Ele recebeu passe na ponta direita da grande área, deixou o zagueiro perdido com um lindo corte e acertou um chutaço no ângulo.

DE VILA VELHA PARA O MUNDO

Savinho, que nasceu em Vila Velha, completou 18 anos no mês passado e, com isso, tornou-se o jogador mais novo da história do Atlético-MG a marcar na Libertadores. Ele, que terá a oportunidade de atuar "em casa" no domingo (22), quando o Galo enfrenta o Brasiliense no Kleber Andrade pela Copa do Brasil, tem pouco tempo restante no plantel atleticano.

Savinho foi vendido para o Grupo City, conglomerado que administra o poderoso Manchester City, da Inglaterra, entre outras equipes. O valor da transação foi de 6,5 milhões de euros, cerca de R$ 34 milhões na cotação atual, e o capixaba embarca para a Europa em julho deste ano.

MAIS HISTÓRIA: GALO TEM MAIOR SEQUÊNCIA INVICTA DA LIBERTADORES

O Atlético-MG também entrou para a história da Libertadores na partida desta quinta-feira. Com a vitória sobre o Del Valle, o time chegou a 18 jogos invicto na competição, maior sequência sem derrotas da história.

A marca leva em conta a última partida da fase de grupos de 2019, quando foi eliminado, a campanha de 2021, na qual foi eliminado sem perder e os cinco jogos da atual temporada. A campanha supera as de Sporting Cristal, do Peru, na década de 1960, e do Flamengo das temporadas 2020 e 2021, que ficaram 17 jogos sem perder.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.