ASSINE

"Sonho ser campeão aqui no ES", diz capixaba do Vasco antes de final

Arthur Sales tem 18 anos e faz parte do elenco cruz-maltino que disputará a Supercopa do Brasil Sub-20 neste domingo (21), no Kleber Andrade

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 20/02/2021 às 18h49
Atualizado em 20/02/2021 às 18h49
Fotos de Arthur Sales atuando pelo Vasco da Gama
Arthur Sales, de 18 anos, terá a chance de ser campeão em sua cidade natal neste domingo (21). Crédito: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama

Supercopa do Brasil Sub-20 colocará frente a frente Vasco da Gama e Atlético-MG, campeões da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro da categoria, respectivamente. E a partida, que será disputada neste domingo (21) no estádio Kleber Andrade, em Cariacica, será a chance de um capixaba atuar e ser campeão em sua terra natal.

Arthur de Oliveira Sales, de 18 anos, é meio-campista da equipe cruz-maltina e está relacionado para a grande decisão. Natural de Vitória, Arthur disse estar muito feliz em poder representar o Vasco e, sobretudo, em seu Estado. O atleta ainda destacou que é um sonho ser campeão no Espírito Santo.

"Estou muito feliz por poder estar representando meu time no meu estado. Sonho muito em ser campeão aqui na minha terra e espero realizar esse sonho no domingo", disse.

Fotos de Arthur Sales atuando pelo Vasco da Gama
Arthur Sales, de 18 anos, terá a chance de ser campeão em sua cidade natal neste domingo (21). Crédito: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama

Atlético-MG e Vasco já se conhecem bem, uma vez que se enfrentaram três vezes durante a temporada que se iniciou em 2020, mas que terá seu fim apenas em 2021. Pelo Campeonato Brasileiro Sub-20, empate em 1 a 1 no Rio de Janeiro. Já na Copa do Brasil da categoria, os caminhos das equipes se cruzaram na semifinal, com novo empate em 1 a 1 em Belo Horizonte e vitória dos cariocas por 1a a 0 no Rio de Janeiro. 

Arthur ressaltou que conhece o estilo de jogo dos mineiros e que se assemelha ao da equipe vascaína. Ele elogiou os rivais e afirmou que aposta em um bom jogo de ambos os times. "Assim como a gente, o Atlético também gosta de jogar com a posse de bola. São duas equipes muito boas e que com certeza vão fazer um grande jogo na busca pelo título", afirmou.

"SEI DA FORÇA DA TORCIDA"

A torcida vascaína tem muitos representantes no Espírito Santo, mas, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a partida será realizada sem público nas arquibancadas. Arthur afirmou que sabe da força da nação cruz-maltina no Estado e que acredita que todos os vascaínos do Brasil estarão na torcida pelos garotos.

"Sou aqui do Espírito Santo e sei que tem muito vascaíno. Jogar sem a torcida nunca é a mesma coisa, mas sabemos que nesse momento precisamos passar por isso. Mas sei que os vascaínos de todo lugar do Brasil vão estar na torcida pela gente e mandando muita força", concluiu.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Cariacica Estádio Kleber Andrade Futebol Clube vasco da gama Esportes

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.