Após pedir doações, capixaba Richarlison doa cilindros de oxigênio a Manaus

O atacante nascido em Nova Venécia doou valores relativos a 10 cilindros de 50 litros do gás. A doação foi intermediada pelo comediante Whinderson Nunes, que também mobilizou uma grande corrente de ajuda ao povo amazonense

Vitória
Publicado em 15/01/2021 às 09h29
Atualizado em 15/01/2021 às 15h03
Richarlison
Richarlison, atacante do Everton. Crédito: Facebook/Everton

Não ficou apenas no pedido. Após pedir aos seguidores que doassem oxigênio aos hospitais de Manaus, capital do Amazonas, o jogador capixaba Richarlison também doou 10 cilindros do produto aos hospitais manauaras, que sofrem com um completo desabastecimento do produto em meio a um agravamento da pandemia do novo coronavírus.

O oxigênio é fundamental para a manutenção das vidas das pessoas internadas e que necessitam de ventilação mecânica (intubação). A quantidade de produção do gás chegou a ser cinco vezes menor do que a demanda diária na cidade, o que desencadeou uma situação de quase colapso na rede de assistência no Estado nos últimos dias.

Atento e solidário, o atacante do Everton e da Seleção Brasileira, nascido em Nova Venécia, no Noroeste do Espírito Santo, postou e também compartilhou mensagens pelas redes sociais mobilizando seguidores para que ajudassem com doações. Ao longo de boa parte desta quinta-feira (14), mostrou-se preocupado com o caos na saúde pública amazonense.

DOAÇÃO

A situação caótica no Estado do Norte do Brasil sensibilizou a classe artística, esportiva e muitas outras. O comediante e produtor de conteúdo Whinderson Nunes organizou, pelo Twitter, uma arrecadação de valores relativos a cilindros de oxigênio.

Rapidamente muitas personalidades o procuraram para ajudar, sendo um deles Richarlison. Através de mensagem direta, o capixaba doou valores relativos a 10 cilindros de oxigênio, de 50 litros cada um deles.

Além do craque, o jogador Diego, do Flamengo, o humorista Tirullipa, a atriz Tata Werneck, e muitos outros doaram a mesma quantidade. Já os cantores Wesley Safadão e Marília Mendonça, assim como o escritor Paulo Coelho, disponibilizaram valores referentes a 20 cilindros.

Com a ajuda de Richarlison, Whinderson agora busca uma logística de transporte para levar até Manaus os cilindros que serão comprados com os valores arrecadados.

Manaus (AM) Coronavírus richarlison solidariedade Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.